Economia brasileira

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1141 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A economia brasileira

Os desafios da economia brasileira: educação, emprego, responsabilidade e o Fundo Independência
Diz-se que é de Einstein a frase “cada problema, para ser solucionado, precisa ser entendido com idéias diferentes daquelas que o criaram”. Quando um problema surge, as causas ideológicas que o criaram não permitem encontrar-lhe solução. Além de serem causa do problema, elasobscurecem a realidade, dificultam o entendimento, escondem alternativas.
É isso que está impedindo a economia brasileira de encontrar alternativas que atendam aos anseios da população. Seus problemas foram criados por um conjunto de idéias que continuam sendo usadas para encontrar a solução dos problemas que elas mesmas criaram. Isso funciona como uma perversa âncora que impede o país de navegarrumo ao seu futuro.
Foi assim com a Independência, quando passamos a ter nosso próprio Imperador, mas mantivemos a economia escravocrata, latifundiária, e atrelada ao comércio exterior. Foi assim com a Abolição da Escravatura e a Proclamação da República, quando o Brasil acabou com a escravidão e o império, mas não ajustou a economia ao desafio de uma sociedade justa, educada, ao mesmo tempoproduto e indutora da eficiência econômica.
Ao longo de cinco décadas, nossa economia se baseou em seis idéias:
• a riqueza é definida pelo PIB e sua renda;
• o crescimento econômico é o caminho para construir uma sociedade que, além de rica, seria também justa, segura, soberana, educada, saudável;
• o investimento na infra-estrutura e o apoio estatal ao setor privado são o meio para induzir ocrescimento;
• a poupança externa é a fonte dos recursos para a realização do investimento;
• a exportação e a demanda interna de uma classe rica que concentra a renda são a base para a demanda da economia;
• o Estado é o instrumento dinamizador, utiliza leis que protegem a ineficiência e recursos públicos ilimitados, criados e utilizados de forma irresponsável.
Ao longo da nossa história,grandes problemas foram criados – a desigualdade social, a inflação e a concentração da renda – e enfrentados sem que fossem mudadas as idéias que os criaram. Dez anos atrás, com o Real, houve a primeira ruptura de idéias: definiu-se a responsabilidade fiscal, eliminou-se a proteção à ineficiência e o Brasil conseguiu vencer a inflação. Mas nada foi feito para romper as idéias no que se refere àscausas da pobreza e da concentração de renda. O marco teórico que pretende resolver esses problemas continua sendo o mesmo que serviu para criá-los. E os problemas se mantiveram, acrescidos da estagnação econômica e do problema ecológico.



Desafios econômicos atuais.

Muitas vezes, os economistas, assim como os políticos, tomam decisões da mesma forma que o piloto que descarregou a bombaatômica sobre Hiroshima. “Foi um gesto impessoal, disse ele anos depois, sem o sentimento de seus efeitos negativos sobre as pessoas embaixo. Com um agravante: os economistas também não vêem os efeitos positivos de mudanças no sistema social sobre a economia.
Em geral, o desafio da economia é visto do lado de dentro da economia, como um fim em si mesmo. A miopia faz com que os economistas considerem osdesafios da economia limitados à própria economia, seus números do PIB, da Bolsa, de juros e similares. Com essa visão, perdem a chance de ver que a importância da economia vai além de si mesma, como de fato os clássicos tentaram destacar (o próprio Adam Smith, ícone dos liberais, estava preocupado com a vida das pessoas e as questões efetivas de seu tempo) e de perceber a importância que tem osistema nacional na indução do crescimento econômico.
O primeiro desafio da economia brasileira, no começo do século XIX, não estava na economia. Ao contrário, foi ajudar a construir a independência nacional e se beneficiar dela, trazendo para o Brasil o controle de seus recursos. O segundo, no final daquele século, foi fazer a agricultura sobreviver sem a escravidão e tornar a economia mais...
tracking img