Direito e as ciencias afins

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1230 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

O presente estudo tem como objetivo geral, realizar uma leitura reflexiva sobre a importância das ciências que tem como objeto de estudo o fenômeno jurídico.
O objetivo especifico, é apresentar as observações obtidas a partir do estudo de um único autor sobre o direito e as disciplinas e afins.
Neste sentido, escolhi o autor Paulo Nader, que apresenta o temaclassificando as ciências jurídicas indicando como seguem:

Disciplinas Jurídicas Fundamentais: Ciência do Direito
Filosofia do Direito
Sociologia do Direito

Disciplinas Jurídicas Auxiliares: História do Direito
Direito Comparado

 As disciplinas Jurídicas

A compreensão do fenômeno jurídico, desenvolvida pelos avançados estudos, diversificam-se em vários planos de pesquisa. A compreensão plena do Direito exige o conhecimento anterior do homem e da sociedade. O Direito alcança a sua forma integral e não perde a sua unidade fundamental, ao ser objeto de estudo de diferentes disciplinas afins, as chamadas CiênciasJurídicas.
As disciplinas jurídicas são divididas em dois grupos, ou seja, as fundamentais e as auxiliares.No primeiro grupo, encontramos a Ciência do Direito, a Filosofia do Direito e Sociologia do Direito. Dentro do segundo grupo podemos citar: a História do Direito, o Direito Comparado

1. Disciplinas Jurídicas Fundamentais:

1.1. Ciência do Direito

A Ciência do Direito, também chamada deDogmática Jurídica, tem por objeto o Direito em determinada sociedade e as questões referentes à sua interpretação e aplicação, tal como ele está historicamente realizado.
Cumpre apenas, a Ciência do Direito, definir e sistematizar o conjunto de normas que o Estado impõe á sociedade.
A expressão Ciência do Direito é usada tanto no sentido restrito como uma das disciplinas jurídicas, como também é usadano sentido amplo, como referência à totalidade dos estudos desenvolvidos sobre o Direito.

1.2. Filosofia do Direito

A Ciência do Direito, simplesmente limita e descreve o Direito vigente, mas a Filosofia do Direito, ultrapassando o plano meramente normativo, vai questionar o critério de justiça adotado nas normas jurídicas. Enquanto a Ciência do Direito explica o que é de Direito?, aFilosofia Jurídica responde a pergunta o que é o Direito? A Filosofia é uma disciplina de reflexão sobre os fundamentos do Direito. O jusfilósofo precisa conhecer além do teor das leis, também a natureza humana, promovendo uma pesquisa lógica, onde investiga o conceito do Direito em seus aspectos mais variados e complexos, e, outra pesquisa de natureza axiológica, criticando as instituições jurídicas,sob o prisma dos valores da justiça e da segurança.
O conhecimento científico do Direito oferece a noção sistemática da ordem jurídica, e o filosófico vê esse ordenamento em função do conjunto de interesses humanos, criando uma harmonia entre a ordem jurídica e a ordem geral da vida e das coisas. O conhecimento vulgar é aquele que resulta da vivência e da participação na dinâmica social, ou seja,a noção do leigo, vinda da leitura superficial e assistemática ou de simples informações.
A Filosofia do Direito pesquisa os princípios lógicos, éticos e históricos culturais do Direito.

1.3. Sociologia do Direito

O Direito não é uma Ciência autêntica sem uma visão sociológica. A Sociologia não é só a ciência das relações e correlações entre várias classes sociais, mas é também o estudo dasrelações entre os fenômenos sociais e não sociais, dando-lhes características gerais comuns a toda classe de fenômenos sociais e a entendê-los como realmente são. A sociologia examina o fenômeno jurídico do ponto de vista social, observando a adequação da norma jurídica aos fatos sociais.
O direito só é autêntico quando retrata a vida social, adaptando-se ao momento histórico e evoluindo à...
tracking img