Dificuldades de aprendizagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3105 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
IBEPEX
Especialização em Educação Infantil, Alfabetização e Letramento.

Patrícia Rodrigues Borges Soler
RU- 14987

Revisão Histórica do Tema Dificuldade de Aprendizagem
Disciplina de Reposição: Dificuldades de Aprendizagem

CUIABÀ – MT
2012
Introdução

O conceito de dificuldades de aprendizagem é muito amplo se analisarmos as diferentes linhas de entendimento.
Mas sua definiçãocompreenderia qualquer dificuldade observável, que um aluno tivesse para acompanhar o ritmo de aprendizagem de seus colegas da mesma idade. Independente de que natureza fosse o fator determinante desta falta de acompanhamento do mesmo ritmo; isso para não criar um novo conceito usando o termo atraso.
Considerando que a população é muito heterogenia, não é tão simples encontrar critérios quedelimitem o termo com maior precisão. Estudos nos campos pedagógicos, linguísticos, sociológicos, médicos, entre outros tornam difíceis á distinção do que é normal, certo ou errado; o que implica em uma maior objetividade no uso dos termos.
O presente trabalho busca uma revisão histórica das dificuldades de aprendizagem, segundo o olhar de dois autores argentinos, Sara Pain e Jorge Visca e com oDSM-IV (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais) bem como a análise dos termos: 1) - dificuldades de aprendizagem; 2) - Problemas de Aprendizagem; 3) – Disturbios de Aprendizagem.

Revisão histórica das dificuldades de aprendizagem

A partir da revisão histórica, é possível perceber que a dificuldade de aprendizagem é carregada de diferentes significados culturais ao longo dotempo.
Partir de uma visão histórica é possível compreender que as mudanças ocorrem dentro de um contexto. Que nada é isolado ou por acaso. Demonstra que o desenvolvimento humano, e a construção do conhecimento, tão pertinente ao tema, é fruto de um movimento histórico determinado por fatores econômicos, políticos e sociais.
Permite perceber como e porque um grupo de conhecimentos se tornaimportante para uma sociedade, e quais fatores propiciam a expansão e o amadurecimento de suas ideias, impactando na vida das pessoas.
Os autores Jorge Visca, e sara Paim, contemporâneos, ambos nascidos na Argentina, compartilham de um momento histórico comum. O resultado de suas experiências influenciou na construção dos conceitos de dificuldade de aprendizagem utilizados em nossa sociedade.
É opróprio Jorge Visca, em Os caminhos da psicopedagogia no terceiro milênio, internet, que descreve de maneira simples e completa, a trajetória da construção, da concepção e do conceito de dificuldade de aprendizagem.
O autor analisa o processo a partir de um momento em que a ciência não era a mãe de todas as explicações, aproximadamente o século VXIII, e não existia uma definição clara deaprendizagem, e, portanto também não havia uma definição de dificuldades de aprendizagem.
Nessa ocasião, entendidas como doença mental, as dificuldades eram concebidas mesmo sob uma concepção demonológica, percebida como influência sobrenatural e que explicava tudo que não fosse comum, ou cujo entendimento fugisse a capacidade de compreensão.
Enxergando o final do século XIX e o começo do século XX, comoperíodo de transição entre as explicações pré-cientificas e cientificas, onde surge uma concepção determinista para a parada ou lentidão no desenvolvimento humano, ambas correspondem a concepções naturais de doença. A história do “menino selvagem”, de Aveyron, inspira de um lado Pinel com uma teoria biológica, e de outro Itard, responsabilizando o ambiente.
Chama a atenção para um período, apartir do século XX, onde surgem inúmeras escolas psicológicas contemporâneas, mas relata que estas consideram como causa única e suficiente o inconsciente, o estímulo e a estrutura. Destaca dentre estas: o estruturalismo de Wundt e Titchner; a psicanálise de Freud; o funcionalismo de Dewey e Woodwort; a reflexologia de Pavlov; a Gestalt de Wertheimer, Koehler e Koffka; a topologia de Lewin; o...
tracking img