Dificuldades de aprendizagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 45 (11195 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A importância do psicopedagogo frente às dificuldades de aprendizagem |
Silvia Suely Sillos de Oliveira*
novembro/2006 |
RESUMOConsiderando a escola responsável por grande parte da formação do ser humano, o trabalho psicopedagógico na instituição escola tem como caráter preventivo no sentido de procurar criar competências e habilidades para solução dos problemas com esta finalidade e emdecorrência do grande número de crianças com dificuldade de aprendizagem e de outros desafios que englobam a família e a escola, a intervenção psicopedagógica ganha, atualmente, espaço nas instituições de ensino. Este artigo surgiu da preocupação existente diante as dificuldades dos alunos em que faz-se construir seus próprios conhecimentos por meio de estímulos, tem justamente o objetivo de fazer umaabordagem sobre a educação e a importância do psicopedagogo diante da instituição escolar.Palavras chave: Aluno. Aprendizagem. Psicopedagogia.1 - Introdução
O presente estudo está centrado na importância do psicopedagogo frente às dificuldades de aprendizagem. Começamos a interessar pela presente temática logo que ingressamos no curso de psicopedagogia, ao perceber o quanto a educação dequalidade é importante na formação do cidadão. Essa convicção se consolidou logo ao iniciar as atividades de estágio em uma escola pública de Imperatriz. Ali, convivendo com professores, coordenadores e alunos, por um curto espaço de tempo, pudemos perceber que a educação escolar era saída mais viável para escapar da situação de ignorância em que se encontrava a maioria das crianças, especialmente as debaixa renda, que são a maioria em nossa cidade. Mas não a educação que era oferecida, ali o ensino pautava-se pelo verbalismo e informações. A aprendizagem era entendida como acumulação de conhecimentos onde cada professor cuidava de sua disciplina, sem conexão com as demais e sem levar em conta a experiência e os significados que os alunos haviam construídos ao longo de suas experiênciaspessoais. 
Nesse processo de busca e reflexão um questionamento sempre vinha à tona: como educar sem que o processo educativo se transforme num instrumento de manutenção da situação? O nosso maior cuidado era refletir sobre essas questões sem colocar a culpa nos principais atores do processo educativo, os professores, os alunos, e seus familiares. Sabemos que as transformações que estão ocorrendo nomundo todo, em função do processo de reestruturação do capitalismo, tem exigido que a sociedade reflita sobre o papel do trabalho e do trabalhador frente as mudanças que estão ocorrendo em níveis mundiais. O mundo do trabalho hoje, requer profissionais com maiores conhecimentos, uma cultura ampla e diversificada, preparo técnico, inclusive de forma interdisciplinar, sendo que estes fatoresdeterminarão sua inclusão ou exclusão no mundo do trabalho, dependendo da educação recebida. Assim, as instituições de ensino e o trabalho docente não ficaram imunes à realidade da globalização. 
A convivência na escola pública nos deu condições de perceber que os profissionais na atualidade, enfrentam sérias dificuldades em relação à aprendizagem dos alunos, isso nos levou a concluir que os mesmos precisamestar atualizados em conhecimentos gerais e específicos para que possam corresponder às exigências do mundo globalizado e também às expectativas do educando. Por outro lado, sabemos que os problemas de aprendizagem não podem ser resolvidos apenas com a instrumentalização dos educadores. Não podemos ser ingênuos achando que basta o professor estar bem preparado no campo científico e pedagógico paradesempenhar satisfatoriamente o seu papel. A escola pública é construída com a participação da família, dos professores e do estado. Quando um desses atores deixa de cumprir o seu papel, compromete o trabalho dos demais. Assim sendo, estudar a importância do psicopedagogo dentro de uma instituição não pode se dar de forma isolada, fora do contexto mais amplo que é a sociedade. Precisamos...
tracking img