Diabetes melito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1665 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE CIÊNCIAS MÉDICAS DA PARAÍBA
CURSO: GRADUAÇÃO EM FISIOTERAPIA- P3
DISCENTES: -DANIELLI CRISTINNI B. R. DORE
-SAULO CASTELLIANO
- WELLYDA BRUNA NERY
-ERICK RONNIERY
DISCIPLINA: FISIOLOGIA DO EXERCÍCIO
DOCENTE: JANINE PADILHA

DIABETES

MELITO

JOÃO PESSOA-PB, 2012

Sumário:

1-Introdução........................................01
1.1- Aspectos fisiológicos do Diabetes Melito....01
1.2- Tipos de Diabetes Melito....01
1.3- Diagnóstico do Diabetes Melito....02
1.4- Sintomas do Diabetes Melito....02
1.5- Pés diabéticos....02
1.6- Exercícios favoráveis ao diabético....03

2-Objetivo............................................033-Metodologia.................................03

4-Conclusão.......................................04

Referências..........................................04

1- Introdução:

O diabetes é um grupo de doenças metabólicas caracterizadas por hiperglicemia e associadas a complicações, disfunções e insuficiência de vários órgãos, especialmente olhos, rins, nervos, cérebro, coração e vasos sangüíneos. Pode resultar de defeitos desecreção e/ou ação da insulina envolvendo processos patogênicos específicos, por exemplo, destruição das células beta do pâncreas (produtoras de insulina), resistência à ação da insulina, distúrbios da secreção da insulina, entre outros. É uma doença crônica.
O Diabetes Mellitus configura-se hoje como uma epidemia mundial, traduzindo-se em grande desafio para os sistemas de saúde de todo o mundo.O envelhecimento da população, a urbanização crescente e a adoção de estilos de vida pouco saudáveis como sedentarismo, dieta inadequada e obesidade são os grandes responsáveis pelo aumento da incidência e prevalência do diabetes em todo o mundo.

“O DIABETES MELITO É UMA SÍNDROME DO METABOLISMO DEFEITUOSO DE CARBOIDRATOS, LIPÍDIOS E PROTEÍNAS CAUSADA TANTO PELA AUSÊNCIA DE SECREÇÃO DEINSULINA QUANTO PELA DIMINUIÇÃO DA SENSIBILIDADE DOS TECIDOS A INSULINA.”(GUYTON E HALL, 2006)


1.1- Aspectos fisiológicos da Diabetes Melito

Fisiologicamente a Diabetes Melito é visto da seguinte forma, quando o indivíduo se alimenta aumenta a taxa de glicose, assim estimulando a célula Beta e inibindo a célula Alfa no pâncreas, onde o pâncreas liberará insulina aumentando aabsorção de glicose nas células do corpo do indivíduo e o fígado armazenará glicose na forma de glicogênio, resultando na baixa de glicose no sangue, então ocorrerá a inibição da célula Beta e estimulação da célula Alfa e o pâncreas liberará glucagon e o fígado quebrará o glicogênio liberando glicose para o sangue aumentando a taxa de açúcar no sangue. Esse processo ocorre para que a taxa deaçúcar do indivíduo fique regularizada, e a diabete se dá por uma falha desse processo(tipo 2) ou pela falta( tipo 1).

1.2- Tipos da Diabetes Melitos

A classificação atual do Diabetes Melitos e baseada na etiologia e não no tipo de tratamento, portanto os termos diabetes melito insulinodependente e diabetes mellitus insulino-independente devem ser eliminados. A classificação propostapela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pela Associação Americana de Diabetes (ADA) e aqui recomendada inclui quatro classes clinicas: DM tipo 1, DM tipo 2, outros tipos específicos de DM e diabetes mellitus gestacional. Ainda existem duas categorias, referidas como pré-diabetes, que são a glicemia de jejum alterada e a tolerância à glicose diminuída. Essas categorias não são entidades clinicas,mas fatores de risco para o desenvolvimento do DM e de doenças cardiovasculares (DCV).

* Diabetes tipo 1:

O termo tipo 1 indica destruição da célula beta que eventualmente leva ao estágio de deficiência absoluta de insulina. A destruição das células beta é geralmente causada por processo autoimune. Em menor proporção, a causa da destruição das células beta é desconhecida. São...
tracking img