DHEG

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3178 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO
A doença hipertensiva da gravidez (DHEG) é a complicação mais frequente na gestação que acarreta num aumento dos níveis pressóricos da gestante, previamente normotensa, e constitui a primeira causa de mortalidade materna no ciclo gravídico puerperal.
A DHEG pode ser classificada como pré-eclâmpsia, eclampsia, síndrome HELLP e pré-eclâmpsia superajuntada e dependendo da forma como seapresenta pode causar alterações renais, cardiovasculares, hepáticas, cerebrais, sanguíneas, hidreletrolíticas, no sistema renina-angiotensina-aldosterona, uteroplacentárias.


















Conceito
A DHEG (doença hipertensiva específica da gravidez) pode ser definida como uma manifestação clínica e laboratorial resultante do aumento dos níveis pressóricos de uma gestante,previamente normotensa, a partir da 20ª semana de gestação, desaparecendo até seis semanas após o parto (BRINGMANN, 2004).
De acordo com o Consenso Brasileiro de Cardiopatia e Gravidez (2004), caracteriza-se HAS na gravidez quando a pressão arterial estiver maior do que 140 x 90mmHg, em duas tomadas com intervalo de 4h, em repouso, ou quando houver aumento maior que 30mmHg na PAS e/ou aumentomaior que 15mmHg na PAD, em relação a conhecidos níveis prévios à gestação.
A DHEG é a complicação mais frequente na gestação e constitui, no Brasil, a primeira causa de morte materna, principalmente quando se instala em uma de suas formas graves como a eclampsia e a síndrome HELLP (KAHHALE; ZUGAIB, 2000).
A incidência da DHEG é em média de 5 a 10%, com taxas de mortalidade materna e fetal em tornode 20%, sendo muito frequente na adolescência (BRINGMANN, 2004; GALLETTA; ZUGAIB, 2004).
O Consenso Brasileiro de Cardiopatia e Gravidez (2004) revela que, a incidência de DHEG na gestação é de 10%, independentemente de sua etiologia, sendo considerada a primeira causa de mortalidade materna no ciclo gravídico puerperal, chegando a 35% de óbitos, decorrentes de complicações como eclampsia,hemorragia cerebral, edema agudo de pulmão, insuficiência renal aguda e coagulopatias.
A moléstia hipertensiva representa a entidade clínica que maior obituário perinatal determina, acarretando ainda, substancial número de neonatos vitimados, quando sobrevivem aos danos da hipóxia perinatal (KAHHALE; ZUGAIB, 2000).
Tipos.





 Pré-eclâmpsia
O que é Pré-eclâmpsia?
Sinônimos: Hipertensãoinduzida pela gravidez
A pré-eclâmpsia é uma doença gestacional em que, após a 20ª semana (fim do 2º ou 3º trimestre), a gestante desenvolve hipertensão e desenvolve proteína na urina.
Causas
A causa exata da pré-eclâmpsia ainda é desconhecida. As possíveis causas incluem:
• Doenças autoimunes
• Problemas nos vasos sanguíneos
• Genes
A pré-eclâmpsia ocorre em uma pequena porcentagem dasgestações. Os fatores de risco incluem:
• Primeira gestação
• Gestação múltipla (gêmeos ou mais)
• Obesidade
• Idade superior a 35 anos e inferior a 18 anos
• Histórico anterior de diabetes, hipertensão ou doença renal.
Exames
O médico realizará um exame físico e solicitará testes
laboratoriais. Possíveis sinais de pré-eclâmpsia:
• Hipertensão, geralmente maior do que 140/90 mmHg
• Proteína naurina (proteinúria)
O exame físico também pode indicar:
• Inchaço nas mãos e no rosto
• Ganho de peso
Também serão realizados exames de sangue e de urina. Os possíveis resultados anormais incluem:
• Proteína na urina (proteinúria)
• Nível de enzimas hepáticas mais alto do que o normal
• Contagem de plaquetas inferior a 100.000 (trombocitopenia)

O médico também solicitará outros testespara verificar a coagulação do sangue e monitorar a saúde do bebê. Alguns testes que monitoram o bem-estar do bebê incluem ultrassom de gravidez, teste sem estresse e perfil biofísico. Os resultados desses testes ajudarão o médico a decidir se o parto do bebê precisa ser realizado imediatamente.
As mulheres que, no início da gestação, tinham pressão arterial muito baixa, mas apresentaram um...
tracking img