Desigualdade social no brasil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (267 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Embora a pobreza no Brasil venha diminuindo ao longo dos anos, a renda

continua concentrada nas mãos de uma minoria rica. Existe no país um contraste

alarmante,enquanto milhões de pessoas passam fome, uma pequena parcela da

população usufrui do progresso e da tecnologia. Para entender a intensificação de

tais disparidades énecessário levar em conta o processo de modernização que

tomou o país a partir do início do século XIX e fez com que o desenvolvimento

econômico crescesse junto com amiséria.

Dados divulgados pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea)

indicam que a renda controlada pelos brasileiros que representam o 1% mais

rico dapopulação é praticamente igual à dos 50% mais pobres. Ou seja, uma

pequena parcela da população detém quase toda a riqueza nacional, enquanto

uma minoria vive dos bens edo dinheiro que sobram.

Entre as razões apontadas para a intensificação da concentração de renda

no país temos a estrutura de impostos, pois os mais pobres gastam umaparcela

maior dos rendimentos com impostos do que os mais ricos; a falta de acesso dos

mais pobres as escolas de qualidade e a histórica discriminação social contraos negros. Além disso, o caráter ineficiente e os benefícios coletivos do Estado

são pequenos e de pouca qualidade diante do amplo problema da desigualdadePortanto, para promover o combate as desigualdades sociais é necessário

que haja um aumento do salário mínimo, uma mudança na estrutura de impostos,

assim como um empenhomaior do Estado. Vale ressaltar que programas

assistenciais como o Bolsa família funcionam como uma medida emergencial,

mas não exercem uma transformação permanente.
tracking img