Dendometria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2369 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A nutrição foliar de florestas a baixo volume com micronutrientes + CICLOHEPTOSE, sob a forma do BVI® (Baixo Volume Integral), ajudará no aumento de produtividade e redução do ciclo de corte?

Flávio Pompei Engº Agrº Especialista na nutrição de plantas Como todas as plantas o Eucalipto também é uma indústria de transformação. Numa ponta entram os nutrientes, ar, água e energia luminosa e, naoutra, saem fibras de celulose, lignina e demais componentes da planta. Portanto, para aumentarmos a produtividade dessa indústria é necessário melhorar a administração dos insumos (nutrientes) e assegurar bom desempenho dos intermediadores em todas as fases dessa “indústria vegetal”. Exemplos que ilustram essa melhoria na gestão das “indústrias naturais” aconteceram na avicultura e suinocultura. Ofrango e suíno caipiras, de 50 anos atrás, levavam uma eternidade para atingir o perfil de “prontos ao mercado”. Depois de melhorar a genética, instalações, rações e manejo nessa “cadeia de produção”, o resultado foi o Brasil passar de produtor incipiente no mercado internacional ao de maior exportador de carne de frango, caminhando para a liderança na da carne de suínos. O homo sapiens urbanus(pessoal das cidades) nem imagina que em menos de 45 dias seu “franguinho de cada dia” fica pronto para o abate lá nas granjas do homo sapiens ruralis. Mas e o Eucalipto? Como melhorar sua produtividade? O que fazer? Fundamentado nos dados de E. Epstein, 1965, em “Mineral Metabolism” e acrescentando informes mais recentes chegamos à composição média das plantas (Qd 1).

Pelos dados compreende-seque a gestão da nutrição de plantas, inclusive do eucalipto, lida com apenas oito milésimos da matéria fresca, ou 4% da matéria seca. Agora, i ndividualizando os elementos químicos, constata-se que os estruturais (COH) correspondem a 19,2% da matéria fresca (MF) ou 96% da matéria seca (MS). Portanto, se somarmos à MF os 80% da água de hidratação, ficará constatado que 99,2% do peso vivo das plantassão “construídos” com elementos provenientes apenas do ar (C, O) e água (H). Os elementos minerais correspondem ao restante 0,8% da MF, ou 4% da MS. O grupo dos macroelementos (NPK-CaMgS) corresponde a sete milésimos da MF, ou 3,5% da MS, enquanto o grupo dos microelementos, junto com os não essenciais, correspondem a somente um milésimo da MF ou 5 milésimos da MS. Nutrientes são as fontes doselementos para as plantas e fertilizantes deles para a água, portanto, para ser admitido na planta o nutriente precisa ser solúvel na água. Fora da água o nutriente mineral não existe para a planta, ainda que o fertilizante esteja à disposição dela . Entretanto, ao desenvolver propostas didáticas sobre elementos e nutrientes foi cometido um equívoco importante, pelo que a produção agrícola esilvicultura têm pagado “pedágio caro”. A divisão didática dos macroelementos minerais em primários ou principais (NPK) e secundários (CaMgS) trouxe o inconveniente do julgamento equivocado. O recurso didático foi bem aceito e favoreceu a compreensão de fenômenos da nutrição de plantas. No

1

entanto, como somos emocionais e emotivos, esse expediente trouxe a conotação errônea da menor importânciado CaMgS, ou de seu menor valor que os principais. Psicologicamente a tendência natural é dar mais atenção, técnica e econômica, aos principais ou primários NPK, relegando a um plano inferior as decisões e atitudes econômicas relativas ao CaMgS. Mas do ponto de vista da planta isso pode ser e quase sempre é um “desastre” porque nas condições de solos tropicais o suprimento de cálcio e magn ésiotem se apresentado muito mais crítico que dos outros macros. À luz da importância dos elementos para as plantas foram estabelecidos os critérios de essencialidade, critérios técnicos e científicos que devem ser atendidos para que qualquer elemento pos sa ser considerado essencial a todas as plantas. Por isso que na falta absoluta de qualquer elemento essencial não haverá vida vegetal, se houver...
tracking img