Curva abc

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1851 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 23 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SISTEMA DE CURVA ABC


O sistema curva ABC de materiais parte do principio que nem todos os itens mantidos em estoque tem a mesma relevância em relação ao capital investido, ou seja, é possível manter-se grande quantidade de um item de baixo custo em estoque, como parafusos ou porcas, por exemplo pois estes tem baixo valor unitário e seu reflexo financeiro no valor montante do estoque édesprezível, por outro lado seria impraticável manter-se em estoque quantidades elevadas de itens de alto valor unitário, como por exemplo: motores elétricos, bombas d’água. Essa ferramenta utiliza a classificação estatística dos materiais, baseada no princípio de Pareto, em que se considera a importância dos materiais, baseada nas quantidades utilizadas e no seu valor. Assim sendo, o bom sensoindica que seria razoável dedicar o mesmo esforço, atenção e controle para itens de acordo com sua importância relativa.
A importância relativa a um item de estoque, se resume ao valor financeiro do item para gerenciamento dos custos do capital representado pelo inventário, podendo também ser avaliada pelo seu o peso ou volume unitário do item quando se deseja gerenciar o espaço ocupadopelos estoques de material em um depósito ou armazém. De maneira geral os itens de estoque são divididos em três categorias, os itens considerados muito importantes serão classificados na categoria de itens A e devem ser tratados com uma atenção especial pela administração (políticas diferenciadas para a definição do estoque mínimo, giro, controle etc), os itens de importância moderada serãoclassificados na categoria de itens B e os itens menos importantes são classificados como categoria de itens C e assim, justificam pouca atenção por parte da administração (por exemplo, aquisição de lotes maiores). Não existe nenhuma regra que delimite a classificação de importância em apenas três categorias, quatro ou mais categorias podem ser utilizadas de organização para organização.É importante ressaltar que cada classe tem bem declarada a exigência do cuidado a ser dispensado, mas, um item de classe C, apesar de sua pouca importância gerencial, pode provocar a paralisação de uma linha de produção, e por essa razão não deve ser de forma alguma negligenciado, mesmo com um controle mais ameno pode ser representado por um nível de estoque de segurança mais elevado, por exemplo,uma vez que estes não vão representar aumento substancial no custo dos estoques.
Para auxiliar neste processo existe a classificação por criticidade – o que complementa a gestão dos itens em estoque. Além disso, as empresas, dependendo do rigor e, visando o melhor gerenciamento, podem estabelecer, além de A, B e C, novas classes como D e E. A definição das classes A, B e C obedece apenas acritérios de bom senso e conveniência dos controles a serem estabelecidos e é definida pelo gestor.


|A REGRA OITENTA - VINTE |
|Na maioria das organizações observa-se que cerca de 20% da quantidade de itens cadastrados corresponde a aproximadamente 80% do |
|valor financeiro dos estoquesenquanto que os 80% dos itens cadastrados restantes vão representar apenas 20% do valor do |
|inventário total. Em outras palavras, um número relativamente pequeno de itens vai ser responsável por grande participação no |
|custo ou valor dos estoques |





Veja um exemplo:

Aparticipação relativa do número de itens versus sua participação no custo ou valor do montante do estoque, considerando as três categorias de itens: A, B e C.


Quadro 01 Participação por categoria de item

|Categoria |Nº de itens |Valor |
|A |10%...
tracking img