Cultura popular

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 28 (6751 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Esta dissertação tem como objetivo discutir a oscilação entre a tradição e a tradução. Em outras palavras, a manutenção e a permanência de um conjunto de danças folclóricas de tradição rural, dentro do universo urbano e contemporâneo da cidade de Campinas e suas modificações em função da passagem desse cenário rural para o cenário urbano. Cabendo, portanto, iniciarmos a discussão localizando umpouco da própria trajetória da Cultura Popular.
Ao perguntarmos o que é Cultura Popular (?), logo nos deparamos com algo quase que inatingível. Parece que toda vez que esse tema vem a tona o que se consegue é muito mais confusões que esclarecimentos.
Essa situação deve-se, principalmente, aos sentidos atribuídos a idéia de Cultura Popular através dos tempos. Em síntese, parece que ela tinhavisibilidade e sentido no contexto passado, mas é quase que vazia de significado na atualidade.
Esse capítulo, percorrerá assim, alguns de seus sentidos a fim de demonstrar suas variações conceituais para inserirmos nossa leitura do grupo de dança popular “ Urucungos Puítas e Quijengues”.
Ao tratar de conceituar Cultura Popular, devemos afirmar, logo de início que, tudo que podemos fazer é umareflexão aproximativa dos significados que o termo carrega, pois de imediato, já sabemos que nosso ensaio, tomando as palavras de Geertz (p.20), não passará de "um manuscrito estranho, desbotado, cheio de elipses, incoerências, emendas suspeitas e comentários tendenciosos". Seja um rótulo, seja um conceito formulado e enquadrado dentro de uma teoria complexa e eficiente o desafio proposto pelo termosugere, desde início, uma postura reticente. Se de um lado 'precisar' sobre o termo nos enche de insatisfação, de outro temos que reconhecer que tocar nele ainda mantém viva em nossa consciência a existência desse universo popular. Assim, quando nos referimos ao popular remetemos à idéia de algo que é do povo, algo simples, às vezes rústicos, com atributos mágicos e, de uma forma mais pejorativa,chamamos mesmo de grotesco. No campo da música, por exemplo, pode-se perceber como a idéia de popular é peculiarmente re-significada, seu espectro subdivide-se, grosso modo, em três grandes gêneros colocando o sentido de popular em um contexto que lhe é próprio. Assim, temos a música erudita, a música popular (MPB e POP) e a música tradicional (ou folclórica). A primeira, referindo-se aos grandesmestres das obras clássicas; a segunda, aos gêneros músicas bastante conhecidos (popular, no sentido de tratar dos temas do cotidiano num estilo musical que lhe é peculiar, como o caso da Música Popular Brasileira, a Bossa Nova, o Samba etc.) e a última, às músicas da tradição como é o caso das cantigas de rodas, do chamado sertanejo raiz e as sonoridades das manifestações folclóricas.
Dessemodo, apesar dessas divisões, a origem do conceito de Cultura Popular surgiu atrelada ao conceito de Folclore. É somente no decorrer do tempo que eles vão sendo apurados. Por conta disso, em muitos momentos seus significados são atrelados e, em outros, são radicalmente separados:
Foi com o nome de Folclore que a Cultura Popular principiou a ser sistematizada e a receber a delimitação dos marcos desuas fronteiras. O termo, um neologismo criado pelo arqueólogo Wiliam John Thoms, surgiu na Inglaterra, em 1846, duas décadas antes de Edward Tylor introduzir um termo similar, 'cultura', entre os antropólogos de língua inglesa.
A palavra 'Volkslieder', criada por Herder para nomear o conjunto de canções que coletara na Alemanha entre 1744 e 1778, não atendia á proposição de Thoms, que se referiaaos estudos dos 'usos e costumes, cerimônias, crenças, romances, supertições, refrãos', conforme declara na sua carta publicada no jornal londrino 'The Atheneum', edição do dia 22 de agosto de 1846.
A proposição de Thoms provocou interesse entre cientistas ingleses, como Andrew Lang, George Comme e Edward Tylor. Com a participação de Thoms, fundam, em 1878, a ‘Folklore Society’, associação...
tracking img