Corpo em movimento uma proposta pedagogica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1003 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Corpo e controle no Cotidiano Escolar : Desafios na construção do conhecimento.

1- O CORPO E O CONTROLE NA ESCOLA
Quando visualizamos a sala de aula, em geral temos uma visão de alunos sentados, em silêncio debruçados sobre cadernos e livros. Esse é o contexto de uma escola tradicional que está enraizado no nosso consciente. O espaço da escola é impreterivelmente para adquirir conhecimentospara formação do individuo como profissional bem sucedido em sua área de atuação.
Desde dos tempos que nossos pais nos levaram à Escola, e posteriormente, quando levamos os nossos filhos estamos mesmo que inconscientemente, mais preocupados com quem será o profissional de amanhã do que a formação do cidadão. A nossa cultura escolar, nos leva a esse posicionamento.
O texto proposto peloseminário faz um desafio à postura adotada até então por educadores. E como pais também somos desafiados.
Que Escola é esta que temos visto e que fazemos questão de manter para nossos filhos?
O adulto não só comanda as atividades sejam elas quais forem como mantém o total controle sobre o corpo dos seus alunos. Limitando os seus movimentos no espaço escolar. Esse cerceamento deve-se a uma visão deque a criança em constate movimento gera desobediência, e o trabalho para conter é muito maior.
O texto do Dr. Marcos Antonio Santoro demonstra uma preocupação com o espaço escolar, que muitas vezes, não é reconhecido pelo profissional da educação como um lugar lúdico, cheio de possibilidades para construção de atividades que confrontam o que se acredita ser a educação física. Essa, contudo,pode e deve ser caracterizada por alternativas que levam a por o corpo em movimento de forma a construir uma interação social no cotidiano escolar, mostrando com isso uma mudança conceitual que derruba o padrão muitas vezes mecanizado. O texto busca alternativas para a área da educação que produzam uma nova cultura escolar que caracterize a educação física não como forma de prática de esporte, masque através da interação e a afetividade provocada por atividades lúdicas, brincadeiras e situações apresentadas com o intuito de agrupar, e não impor regras. O texto mostra que é possível construir social e culturalmente o cidadão reflexivo e critico através da atividade lúdica corporal.

2- SOCIEDADES DOS POETAS MORTOS – O FILME.
O professor Keating não se limita a dar aulas de formadiferente do convencional, colocando os seus alunos em situações que fogem a sala de aula. Mas ao incentivá-los a mudar suas posturas, diante da literatura, o professor os instiga a se por em movimento. A criação da Sociedade dos Poetas mortos é uma ação em movimento do grupo. É preciso sair das paredes da instituição e criar uma situação nova, inconformista e critica.
É necessário que eles entendamque precisam ousar a mudar os paradigmas impostos até então por aquele modelo de educação.
A maneira pouco convencional de ministrar suas aulas em um colégio tão tradicional, é no mínimo, chocante para uma sociedade com suas idéias fechadas em formulas já impostas. O professor também os leva a ver a liberdade, mesmo que presos nos muros da instituição. Suas mentes podem voar e seguir rumos aindanão imaginados. Eles realmente começam a sonhar com outra forma se posicionar diante da vida. Isso mexe com os alunos não só no mundo estudantil, mas nas suas relações sociais e familiares.
Atividades ligadas ao corpo no filme:
1- O Professor faz seus alunos subirem nas mesas para descobrir uma nova forma de olhar o mundo. Levando-os a entender que não podemos nos conformar com oobvio, com o comum.
2- Ele conduz os alunos a olhar a galeria de retratos dos antigos estudantes e os leva a pensar, a refletir sobre a frase: Aproveitem o dia!
3- Ele incentiva seu aluno a levantar e gritar. Com as mãos, fecha os olhos de seu aluno e o faz criar um texto que até então ele não sabia que existia dentro dele.
4- A marcha no pátio. Usando ainda o olhar por outro ângulo. Quebrando...
tracking img