Controladoria

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1745 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Controles Internos



Definição Planejamento organizacional e todos os métodos e procedimentos adotados dentro de uma empresa, a fim de salvaguardar seus ativos e passivos, verificar a adequação e o suporte dos dados contábeis, promover a eficiência operacional e encorajar a aderência às políticas definidas pela direção, com o detectar ERROS, INEFICIÊNCIAS e FRAUDES nas empresas.

Controles internos são práticas operacionais usadas para ajudar a Administração a garantir o alcance de seus objetivos.
Os controles internos permitem que os departamentos de uma organização operem dentro da lei e de acordo com o planejado, e são ferramentas usadas no dia-a-dia pela gerência nos seus diversos níveis. Um controle interno pode ter como objetivo, por exemplo, diminuir os riscos deque dados incorretos sejam repassados aos escalões superiores, ou que bens pertencentes ao patrimônio da organização sejam perdidos ou furtados.





Unidades Executoras

Quem faz o controle interno?
Auditorias Externas para Empresas Privadas e para o Estado Auditorias Públicas

Quem avalia o sistema de controle interno?

1. Devem ser:






Úteis – quando salvaguarda osativos da empresa e promove o bom desenvolvimento dos negócios, protegendo as empresas e as pessoas que nela trabalham; Práticos – quando apropriado ao tamanho da empresa e ao porte das operações, objetividade ao que controlar e simples na sua aplicação; Econômicos – quando o benefício de mantê-lo é maior que o seu custo (custo/benefício).

2. Importância








Salvaguardar oativo – proteger os ativos de eventuais roubos, perdas, uso indiscriminado ou danos morais (imagem da empresa); Desenvolvimento do negócio – sistema de controle interno que permita a administração agir com a maior rapidez e segurança possível nas tomadas de decisões. Resultado das operações – fornecer à administração, em tempo hábil, informações que possibilitem o aproveitamento de todas asoportunidades de bons negócios, redução de custo e aumento do nível de confiança dos clientes e funcionários da empresa. Para que a empresa cumpra seus conceitos e finalidades;







Segregação de função – evitar que a mesma pessoa execute todas as fases de uma mesma transação; Autorização e Aprovação – evitar que a mesma pessoa que autoriza determinada operação esteja também aprovando;Determinação de Funções e Responsabilidade – estabelecer funções definidas da estrutura da empresa;







Rotação de Funcionários – estabelecer a troca de funções entre empregados, o que reduzirá práticas antieconômicas e erros; Seguro – manutenção de apólice de seguro para bens e valores (ex. veículos) Legislação – atualização para empregados.

Toda e qualquer empresa existe para cumprircom, no mínimo, três grandes fins:
  

cumprir com seu objetivo social – lucro, bem-estar da comunidade, formação política, etc; atender às necessidades e expectativas de seus clientes; proporcionar um ambiente rico e saudável para as pessoas que ali trabalhem, proporcionando condições para que essas pessoas possam aprimorar continuamente suas habilidades técnico profissionais e humanas erecompensando-as pelos seus desempenhos (seja mediante elogios, prêmios ou promoções). As pessoas devem saber como são avaliadas e participar desse processo.

3. Ambiente propício para existir um bom controle interno inclui:
 

 
 



Princípios éticos e retidão e integridade dos funcionários e da empresa; Estrutura organizacional adequada; Comprometimento com a competência e aeficacia; Formação de uma cultura organizacional; Estilo e atitude exemplar dos administradores; Políticas e práticas adequadas de RH; Sistemas adequados.

4. O controle é exercido por meio de cinco atividades básicas:
  




Segurança e proteção dos ativos e arquivos de informação. Documentação e registros adequados. Segregação de funções. Procedimentos adequados de autorizações...
tracking img