Contextos educativos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2353 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA

NOME: Francine Laura Valli Alves, RU: 665186.
NOME: Larissa Martins, RU: 664012.

PORTFÓLIO DE PESQUISA E PRÁTICA PROFISSIONAL-
CONTEXTOS EDUCATIVOS

CURITIBA
2012
FACULDADE INTERNACIONAL DE CURITIBA

NOME: Francine Laura Valli Alves, RU:665186.
NOME: Larissa Martins, RU: 664012.




PORTFÓLIO DE PESQUISA E PRÁTICA PROFISSIONAL-
CONTEXTOS EDUCATIVOS

Indaiatuba
2011
INTRODUÇÃO

2. DESENVOLVIMENTO
A educação seja ela formal ou informal. São inúmeros os espaços de educação e de aprendizagem. Aprendemos em casa, na rua, na televisão, no computador, no local detrabalho, nas instituições religiosas, entre outras. Aprendemos, também, na escola. A escola é considerada uma instituição social educativa formal. Cabe ao professor, no período institucional de escolarização, orientar o processo de instrumentalização cognitiva, de socialização dos conhecimentos técnico-científicos, o desenvolvimento de habilidades e de competências sociais para a vida prática.
Mas,dia após dia, torna-se mais clara a necessidade da escola conviver com outras modalidades de educação não-formal, informal e profissional. Mais que isso, é necessário se articular e se integrar a elas. A escola se formalizou tanto que perdeu de vista a educação do ser humano e se esqueceu que precisa formar cidadãos mais éticos, solidários, preparados e qualificados e não somente transmitirconteúdos. O grande desafio é de incluir, nos padrões de vida digna, os milhões de indivíduos excluídos e sem condições básicas para se constituírem cidadãos participantes de uma sociedade em permanente mutação. Se analisarmos mais criticamente, podemos assumir para a escola a maior parte da responsabilidade pela exclusão desses indivíduos, que, pela sua maneira de ensinar, coloca fora do processo deescolarização uma quantidade enorme deles. Bastante preocupada em ensinar a reproduzir, sem se preocupar com a instrumentalização cognitiva, dita anteriormente, a escola formou indivíduos com dificuldade para assumir uma definição pessoal ou resolver situações novas. A repetição levou esses indivíduos a perder a iniciativa, a não assumir a autonomia e a não desenvolver a inteligência que é uma qualidade,dificilmente será posta em prática por aqueles que cristalizam as referências de tendências pedagógicas muito focalizadas nas aprendizagens cognitivas ou de estimulação precoce
Desta forma fazemos distinção de paradigma educacional formal, não-formal e informal do espaço em que pode ser proporcionado, no qual pode ser o espaço formal, não-forma e informal. Educação ou Ensino Formal é a aprendizagempor meio de estabelecimento reconhecido de ensino com certificação e programa de estudos.
Educação ou Ensino Não-formal é a aprendizagem por meio de estabelecimento reconhecido de divulgação cultura ou científica, não sendo necessariamente certifique ou obrigue a um programa de estudos.
Educação ou Ensino Informal é a aprendizagem não planejada e local sobre conteúdos não especificados e nemsistematizados de um grupo social.
Espaço Formal é o local pertencente ao estabelecimento reconhecido de ensino, no qual o estudante está cursando.
Espaço Não-formal é o local externo e não pertencente ao estabelecimento reconhecido de ensino. Podendo ser: a) institucionalizado, pertencer a uma pessoa jurídica como instituição privada ou pública; b) não-institucionalizado, não pertencer algumapessoa jurídica.
Espaço Informal não é necessária discriminação, pois não ocorre processo de ensino-aprendizagem planejado.
Desta forma podem ocorrer combinações de modalidade de ensino em relação a espaços, por exemplo, a visita de grupo de ensino formal em espaço não-formal (institucionalizado ou não) e vice-versa. Somente não é necessário a discriminação do espaço informal e do ensino...
tracking img