Contabilidade no uruguai

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2463 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CONTABILIDADE NO URUGUAI





























SÃO JOSÉ 2012





SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 2
2 A PROFISSÃO CONTÁBIL NO URUGUAI 2
3 NORMAS E PRÁTICAS CONTÁBEIS NO URUGUAI 3
3.1 Entidades que lidam com Normas Contábeis 3
3.2 Principais Normas Contábeis Legais do Uruguai 4
4 DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS 4
4.1 CONCEITOS RELATIVOS ÀSDEMONSTRAÇÕES PATRIMONIAIS 4
4.2 PRINCÍPIOS CONTÁBEIS UTILIZADOS NOS URUGUAI 5
4.3 CONCEITO E ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMONIAL NO URUGUAI 5
4.4 CONCEITO DO ATIVO NO URUGUAI 5
4.5 CONCEITO DO PASSIVO NO URUGUAI 6
4.6 CONCEITO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO NO URUGUAI 7
5 CONCLUSÂO 7
REFERÊNCIAS 8

1 INTRODUÇÃO



Este Trabalho aborda como é a profissãocontábil no Uruguai, como os seus profissionais são instruídos, quais os princípios, normas e praticas contábeis utilizadas pelos profissionais desta área, quais são os seus conceitos sobre Balanço Patrimonial, do ativo e do passivo e do patrimônio liquido.

2 A PROFISSÃO CONTÁBIL NO URUGUAI


A profissão de Contador Público no Uruguai até o momento não está regulamentada; existem, entretanto,alguns dispositivos esparsos que tratam do assunto, como é o caso de uma lei de 1917 que reserva aos contadores e peritos a possibilidade de exercer exclusivamente aqueles cargos que se ocupam da "teneduría de libros". Essa disposição foi ampliada e renovada pelo Decreto 104/68, porém, muitos organismos públicos de nível intermediário não a cumprem.
Depois, têm-se a Lei n.º 12.802/60, ("Ley deRendición de Cuentas"), que contém três artigos nos quais se estabelecem sucintamente algumas atuações privativas que podem ter certos profissionais, entre eles os contadores públicos. Essa Lei prevê a atuação do Contador Público em certificações de balanços, prestações de contas ou relatórios contábeis apresentados perante organismos públicos. Adicionalmente, prevê a possibilidade de firmar algumescrito perante a Justiça. Porém, por falta de regulamentação, a lei não era cumprida pela maior parte dos organismos públicos. Além disso, as sociedades anônimas, as empresas de maior volume no país, podiam apresentar suas demonstrações contábeis sem a necessária intervenção de um Contador Público.
O título de Contador Público no Uruguai é outorgado pela Faculdade de Ciências Econômicas e deAdministração da Universidade da República, após o aluno ter cursado pelo menos 33 disciplinas, perfazendo um total de 3.183 horas-aula, durante um período normalmente não inferior a 5 anos. [POHLMANN, 1994:119-120]
A política de acesso aos estudos superiores no Uruguai se caracteriza por sua concepção de ingresso livre, mas restrito pela exigência de afinidade entre o curso secundário concluído eo curso superior pretendido pelo estudante. Para orientar os estudantes que buscam o ensino superior, o Ministério da Educação e Cultura do Uruguai divulga anualmente o Guia de Formación Profesional da Universidad de la República, que traz detalhadamente todas as exigências a que os candidatos devem submeter-se.
Portanto, basta aos estudantes que concluem o ensino secundário efetuarem suainscrição no curso superior desejado, de acordo com a afinidade, tendo o seu ingresso automático, sem qualquer tipo de seleção para ingresso. Vale ressaltar que entre os países-membros do MERCOSUL não se adota política de acesso similar, haja vista não se encontrar nos demais países, o acesso como resultado de uma simbiose entre o ensino secundário e o ensino superior. [SOUSA, 1995:68-71].
Paraaprovação no curso probatório, o aluno deverá obter média final igual ou superior a 5,0 em todas as disciplinas do curso. A estrutura curricular do curso probatório é composta de disciplinas específicas de cada área de estudo. Uma vez aprovado no curso probatório, o estudante estará apto a ingressar no curso desejado. [SOUSA, 1995:73-74]
Em face de suas próprias e naturais peculiaridades e da...
tracking img