Contabilidade internacional

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 26 (6264 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DO ESTADO DE MATO GROSSO
CAMPUS UNIVERSITÁRIO DE SINOP
INSTITUTO DE ADMINISTRAÇÃO, CIÊNCIAS
CONTÁBEIS E ECONÔMICAS
DEPARTAMENTO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS

KAROLINE FERNANDES DE SOUZA
SIDINÉIA ZEFERINO

CONTABILIDADE NO MERCOSUL

SINOP
2009
KAROLINE FERNANDES DE SOUZA
SIDINÉA ZEFERINO

CONTABILIDADE NO MERCOSUL

Trabalho deContabilidade Internacional apresentado a professora Clébia Ciupak, do curso de Ciências Contábeis/UNEMAT Campus Universitário de Sinop; como requisito parcial para obtenção do título Bacharel em Ciências Contábeis.

Profª. Clébia Ciupak

SINOP
2009
SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 4
2 A PROFISSÃO CONTÁBIL NO MERCOSUL 4
2.1 ARGENTINA 4
2.2 PARAGUAI 6
2.3 URUGUAI 8
3NORMAS E PRÁTICAS CONTÁBEIS NO MERCOSUL 9
3.1 ARGENTINA 10
3.1.1 Entidades que lidam com Normas Contábeis 10
3.1.2 Emissão de Normas Contábeis Legais na Argentina 10
3.1.3 Principais Normas Contábeis Legais da Argentina 11
3.2 PARAGUAI 11
3.2.1 Entidades que lidam com Normas Contábeis 12
3.2.2.Principais Normas Contábeis Legais do Paraguai 12
3.3 URUGUAI 12
3.3.1 Entidades que lidam com NormasContábeis 12
3.3.2 Principais Normas Contábeis Legais do Uruguai 14
4 DEMONSTRAÇÕES CONTÁBEIS 14
4.1 CONCEITOS RELATIVOS ÀS DEMONSTRAÇÕES PATRIMONIAIS 14
4.2 PRINCÍPIOS CONTÁBEIS UTILIZADOS NOS PAÍSES DO MERCOSUL 15
4.2.1 Brasil (O Brasil será citado apenas para efeito de comparação) 15
4.2.2 Argentina 15
4.2.3 Paraguai 16
4.2.4 Uruguai 16
4.3 CONCEITO E ESTRUTURA DO BALANÇO PATRIMONIAL17
4.4 CONCEITO DO ATIVO 18
4.4.1 Argentina 18
4.4.2 Paraguai 19
4.4.3 Uruguai 20
4.5 CONCEITO DO PASSIVO 22
4.5.1 Argentina 22
4.5.2 Paraguai 22
4.5.3 Uruguai 23
4.6 CONCEITO DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO 23
4.6.1 Argentina 23
4.6.2 Paraguai 24
4.6.3 Uruguai 24
REFERÊNCIAS 26

1 INTRODUÇÃO

Em 26 de março de 1991 aconteceu a assinatura do tratado de assunção, pelos presidentes daArgentina, Brasil, Paraguai e Uruguai, de onde nasceu formalmente o Mercosul. Na ata constitutiva, os presidentes ponderaram que a unificação dos mercados era requisito essencial para o desenvolvimento econômico e a melhor opção para inserir, de maneira conveniente, os países-membros no contexto internacional.
O Mercosul ainda não detém legislação própria que trate as relações trabalhistas demaneira uniforme. Entretanto, a efetivação de um processo integracionista exige a existência de uma harmonia legislativa.

2 A PROFISSÃO CONTÁBIL NO MERCOSUL

No universo das Ciências Econômicas, encontram-se quatro profissões distintas: contador ou contador público, economista, administrador e atuário.

2.1 ARGENTINA

No universo das Ciências Econômicas, encontram-se quatro profissõesdistintas: contador ou contador público, economista, administrador e atuário.
O profissional da contabilidade na Argentina é denominado de Contador Público, e o exercício da profissão está regulamentado pela Lei n.º 20.488 de 23/05/73 da nação Argentina, que abrange as ciências econômicas em geral. A profissão só pode ser exercida por pessoas titulares de diploma universitário, devidamentematriculadas no Conselho profissional.
O controle do exercício da profissão de Contador Público, por força do artigo 19 da mesma Lei, é exercido pelos Conselhos Profissionais de Ciências Econômicas. Estes, apesar de terem sido criados por lei, são entidades de natureza jurídica privada, independentes do Estado, política, administrativa e economicamente.
Os Conselhos foram criados com âmbito deatuação e influência restritos às suas respectivas jurisdições. Suas principais atribuições são:
a) criar e controlar as matrículas correspondentes às profissões de ciências econômicas;
b) cuidar que se cumpram os princípios de ética que regem o exercício profissional;
c) ordenar o exercício profissional de ciências econômicas e delimitar o dito exercício em suas relações com outras profissões;
d)...
tracking img