Concreto e argamassa

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 3 (564 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
RESUMO
Periferias
São milhares de vilas e jardins desiguais. Com vários problemas de saneamento, transporte, serviços médicos e escolares em zonas de baixa renda. A ocupação periférica mais intensano ano 2000 situa-se em áreas menos urbanizadas em torno da capital, nelas o preço da terra é relativamente mais baixo, possibilitando nos anos 80 uma incerteza de construir sua própria moradia, poisa taxa de crescimento demográfico caiu de 5,2% a.a entre 1940-50 para 1%. Nos anos 90 desemprego em 16%, queda do rendimento médio real de 35% e um aumento de 20% de empregados com jornada detrabalho acima do legal, isso fez com que muitas pessoas deixassem o País buscando uma vida melhor.

1 SLIDE
Periferias
Periferias são milhares de vilas e jardins desiguais. Algumas mais consolidadas eoutros verdadeiros acampamentos privados. Também com vários problemas de saneamento, transporte, serviços médicos e escolares.

(Cidade Tiradentes bairro situado no extremo leste da cidade, a 35 kmdo marco zero, a Praça da Sé. Abriga o maior complexo de conjuntos habitacionais da América Latina, com cerca de 40 mil unidades habitacionais e 200.000 habitantes. Bairro fundado na década de 80.)2 SLIDE
”cortiço da periferia”: Favelas ou aluguel de um cubículo situado no fundo de um terreno em que se dividem as instalações sanitárias com outros moradores.

(Cortiço no centro de São Paulo)3 SLIDE
- São Paulo é marcado por intensas transformações. Na primeira década deste século havia menos de 300 mil habitantes concentrados nas áreas que rodeavam o distrito da Sé: Brás, Mooca,Barra Funda. Na época chamava-se arrabalde. Com algumas exceções, pequenas manchas na Lapa e Vila Mariana.
- No ano de 2000 são Paulo tinha cerca de 11 milhões de habitantes. A ocupação periférica maisintensa situa-se em áreas menos urbanizadas em torno da capital. Sistematicamente a taxa de crescimento demográfico da capital caiu, baixando de 5,2% a.a entre 1940-50 para 1% na década de 80,...
tracking img