Comportamento organizacional - stephen p. robbins

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1122 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de agosto de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1) A diferença é que as emoções são uma súbita ruptura do equilíbrio afetivo de uma pessoa, são de curta duração e normalmente acompanhadas de reações fisiológicas. Já os sentimentos são estados afetivos menos intensos e mais duráveis que as emoções e que geralmente não requerem um estimulo para se manifestarem. Em contra partida tanto emoções quanto sentimentos são essenciais paraexpressarmos nossa afetividade.
As emoções básicas são: raiva, medo, felicidade, tristeza, repulsa e surpresa, porém este estudo não é aceito por todos os pesquisadores.
Existem duas dimensões de sentimentos: as de afetividade positiva, e as de afetividade negativa.
2) Há uma idéia de que quando avaliamos algo com a emoção não estamos sendo racionais, porém as pesquisas mostram, cada vez mais, que asemoções são importantes para o pensamento critico. As funções das emoções estão ligadas ao nível de cooperação que um grupo pode atingir, ou seja, quanto mais o nível de competência emocional, maior será a cooperação no grupo.
3) As fontes básicas são: personalidade,dia da semana e hora do dia, clima, estresse, atividades sociais, sono, atividade física, idade e gênero.
4) O esforço emocional éa expressão de emoções desejadas pela organização feita pelos funcionários durante os relacionamentos interpessoais no trabalho. A partir dele pode-se entender como a empresa consegue passar sua ideologia para seus funcionários.
5) A teoria dos eventos afetivos demonstra que os trabalhadores reagem emocionalmente as coisas que lhes acontecem no trabalho e que isso afeta seu desempenho e suasatisfação. Ela sugere que emoções e sentimentos variam com o tempo e assim seu efeito sobre o desempenho também varia e que os comportamentos impulsionados pela emoção são sempre de curta duração e de alta variabilidade.
6) Inteligência emocional é a capacidade da pessoa de ser autoconsciente do seu estado afetivo, detectar as emoções nos outros e administrar as pistas e as informaçõestransmitidas pelas emoções. Os argumentos a favor da IE incluem seu apelo intuitivo, o fato de que ela parece estar relacionada com o desempenho e a idéia de que ela é biologicamente fundamentada. Os argumentos contra são que ela é um conceito muito vago, que ela não pode ser mensurada e que sua validade é duvidosa.
7) O entendimento das emoções e dos sentimentos pode melhorar nossa habilidade de explicare entender os processos da empresa. Os gestores podem usar o humor e dar a seus funcionários pequenos sinais de apreciação por um trabalho benfeito.
8) As pessoas em diferentes culturas parecem experimentar emoções positivas e negativas, mas a freqüência e a intensidade variam em certo grau. As pessoas do mundo inteiro costumam interpretar as emoções positivas e negativas mais ou menos do mesmojeito, porém umas culturas valorizam certas emoções mais do que outras. As diferentes normas entre as culturas é um sinal de que temos que avaliar nossos atos para não demonstrar algo que não queremos para o outro.
9) A personalidade é a soma total das maneiras como uma pessoa reage e interage com as demais. Elas são classificadas a partir da autoavaliação. Os principais fatores são ahereditariedade e o ambiente.
10) É um teste de personalidade, com cem questões, que avalia como as pessoas agem ou se sentem em determinadas situações. Com base nas respostas as pessoas são classificadas com extrovertidas e introvertidas, sensoriais ou intuitivas, racionais ou emocionais, julgadoras ou perceptivas.
11) São 5 traços de personalidade no modelo “big Five”, extroversão, amabilidade,conscienciosidade, estabilidade emocional e abertura para experiências.
12) Os indivíduos confiáveis, cuidadosos, conclusivos, capazes de planejar, organizados, trabalhadores, persistentes e orientados para resultado costumam apresentar uma desempenho no trabalho superior na maioria das ocupações, se não em todas elas.
13) Autoavaliação básica, maquiavelismo, narcisismo, automonitoramento,...
tracking img