Compare as respostas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (265 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Impactos Socioambientais

A problemática habitacional, no geral, acentuou-se com a desorganização  das formas tradicionais de economia agrária e com o processo deindustrialização, que, com a criação de empregos, atraiu milhares de pessoas às cidades, em busca de uma maneira mais viável de sobrevivência. Nas cidades, a grande demanda por moradiasnão foi acompanhada, inicialmente, por sua oferta. Proliferaram-se, desta forma, as favelas e os subúrbios, que não dispunham, na maioria das vezes, de condições básicas einfra-estrutura necessárias para uma vida saudável.
A problemática habitacional, no geral, acentuou-se com a desorganização  das formas tradicionais de economia agrária e com oprocesso de industrialização, que, com a criação de empregos, atraiu milhares de pessoas às cidades, em busca de uma maneira mais viável de sobrevivência. Nas cidades, a grande demandapor moradias não foi acompanhada, inicialmente, por sua oferta. Proliferaram-se, desta forma, as favelas e os subúrbios, que não dispunham, na maioria das vezes, de condiçõesbásicas e infra-estrutura necessária para uma vida saudável.
A crise de moradia no Brasil está associada ao modelo capitalista concentrador e excludente, ou seja, a falta dehabitações populares é conseqüência direta dos baixos salários, do desemprego e do subemprego massivo. O déficit habitacional decorre, principalmente, de uma distribuiçãoprofundamente desigual da renda e também das condições específicas da produção e comercialização capitalista da moradia, que impõem um elevado preço a essa mercadoria.
Em decorrênciadisso tudo, há um agravamento da crise da moradia, cujas manifestações são: a especulação imobiliária, alto custo dos imóveis e elevação dos preços dos aluguéis, dentre outras.
tracking img