Como administrar

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1667 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

SUMÁRIO

1 INTRODUÇÃO 3

2 DESENVOLVIMENTO 4

3 CONCLUSÃO...........................................................................................................8

REFERÊNCIAS..........................................................................................................9

INTRODUÇÃO

A competição entre empresas industriais cresceusignificativamente desde o início dos anos 90. Atualmente, muitas empresas, mesmo localizadas em países em processo de industrialização, têm enfrentado mercados altamente competitivos, com novos e crescentes critérios para competir e garantir a própria sobrevivência.
Nesse contexto, o nível de competitividade industrial tem imposto ao mercado novo padrões de custo, qualidade, desempenho de entregase flexibilidade, o que gera uma série de novos desafios e fontes de vantagem competitiva nas empresas.
Assim, este trabalho tem por objetivo básico apresentar uma análise geral sobre cadeias de suprimento e produção sobre a Nestlé e seu novo Projeto Porta-a-Porta, com foco na apertura de uma fabrica na cidade de Feira de Santana na Bahia, Brasil.
A análise apresentadateve o suporte de um estudo de caso conduzido em uma grande e representativa empresa Nestlé que opera no Brasil.
A seguir, o artigo apresenta uma sucinta revisão do tema gestão de cadeias de suprimentos, o qual serve de base conceitual para as análises a serem apresentadas posteriormente.

DESENVOLVIMENTO

PRIMEIRA ETAPA
1. Há três anos a Nestlé com o setor devendas elabora uma missão de estruturar a comercialização direta ao consumidor nos sistema porta-a-porta. O que levou a elaboração do projeto de alcance dos consumidores das classes C,D e E, com novos desdobramentos com a construção de uma nova fabrica na cidade de Feira de Santana, na Bahia.
Uma das maiores preocupações da empresa e, criar alternativas de preços que possibilitem oacesso da população de baixa renda aos produtos. E a duvida que surge e “diminuir o tamanho da embalagem ou de oferecer produtos com menor grau de satisfação”. Dessa maneira a empresa contribui
O fator principal e a função estratégica para reduzir custos na distribuição dos produtos da empresa e tornar-los mais acessíveis aos consumidores e baixar a renda.
2. Feira deSantana, é um município brasileiro do estado da Bahia, situado a 107 km de sua capital, Salvador, à qual se liga através da BR-324. Feira é a segunda cidade mais populosa do estado e maior cidade do interior nordestino em população.
Localiza-se a 12º16'00" de latitude sul e 38º58'00" de longitude oeste, a uma altitude de 234 metros. Sua população recenseada pelo censo do IBGE em 2010 é de556.756 habitantes.
A cidade encontra-se num dos principais entroncamentos de rodovias do Nordeste brasileiro, é onde ocorre o encontro das BRs 101, 116 e 324, funcionando como ponto de passagem para o tráfego que vem do Sul e do Centro Oeste e se dirige para Salvador e outras importantes cidades nordestinas. Graças a esta posição privilegiada e à distância relativamente pequena deSalvador, possui um importante e diversificado setor de comércio e serviços, além de indústrias de transformação e a Universidade Estadual de Feira de Santana, com 21 cursos, além de seis faculdades particulares e uma complexa fábrica de aviões ultraleves, ao lado do aeroporto existente no município.
O município é banhado pela região industrial do recôncavo baiano, beneficiado porindústrias de base, químicas, e automobilísticas (tal região é o maior polo automobilístico do nordeste). Recentemente, está a receber também indústrias de tecnologia da informação, como a coreana Digitmedia.
A principal região industrial de Feira de Santana é o Centro Industrial de Subaé. O local atrai grandes empresas por conta de incentivos fiscais, por conta dos baixos salários...
tracking img