Caso pratico de economia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1470 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE DO OESTE DE SANTA CATARINA (UNOESC)
CENTRO DE CIENCIAS ECONOMICAS, CONTÁBEIS E COMÉRCIO INTERNACIONAL
CURSO DE CIÊNCIAS CONTÁBEIS
PROFESSOR: MSc. AÇILÃO ANTUNES



Gabriel Agostini



ECONOMIA
INTERVENÇÃO DO GOVERNO NO SETOR AUTOMOTIVO BRASILEIRO






JOAÇABA OUTUBRO de 2012

1. INTRODUÇÃO

Em meados de 2009, enquanto o mundo começava asofrer os impactos de uma crise mundial, a qual quase quebrou varias economias na Europa, o Brasil sentiu este impacto de maneira mais branda, sofrendo com a diminuição do PIB em torno de 0,2%. Assim, para contornar a crise, medidas foram tomadas, e dentre elas, a principal foi o incentivo da demanda interna, fazendo o país experimentar um crescimento do PIB acima de 9% até se estabilizar e fechar oano com um crescimento ainda assim de 7,5%, a maior expansão em 25 anos.
Este incentivo da demanda interna ocorreu na forma da redução do preço dos produtos produzido dentro de nossas fronteiras, mais precisamente, reduzindo o imposto sobre produtos industrializados (IPI). Com esta medida o governo buscou um aumento no consumo dos produtos aqui produzidos frente aos importados, isto fez com quenão só aumentasse o volume de dinheiro circulação, mas também, garantiu que esse dinheiro não fosse sair do país, gerando mais faturamento para as empresas locais e consequentemente um aumento do PIB das mesmas.
Porém, esta fase não durou muito e logo o crescimento da economia normalizou-se. Agora, as previsões para o ano de 2012 voltam a assustar. Economistas acreditam em um crescimento de 1,54%para este ano, o que levou o governo a repetir as mesmas medidas tomadas em meados de 2010, diminuição ainda maior dos preços dos produtos aqui produzidos, no entanto, desta vez o governo exigiu que as empresas também diminuíssem suas margens de lucro para obter o beneficio do IPI.
Esta medida teve seu maior impacto no setor automotivo brasileiro, o qual, corresponde sozinho por cerca de 25% detodo o PIB industrial de nossa economia. Garantindo assim, que fossem comercializados números recordes de automóveis no país, porém em sua enorme maioria, fabricados aqui mesmo ou em mercados parceiros ao nosso.
Devido à importância deste setor da economia, frequentemente o governo age de forma intervencionista, obrigando as montadoras que aqui pretendem comercializar seus automóveis, a andar emum ritmo ditado por ele, como veremos. Além da redução do IPI outras medidas são tomadas para garantir a estabilidade do setor, entre elas podemos citar a criação de cotas para produtos importados do México, aumento do IPI para produtos com baixo índice de nacionalização e benefícios concedidos as montadoras que pretendem construir fabricas em nosso território.

2. INTERVENÇÃO DO GOVERNO NOSETOR AUTOMOTIVO BRASILEIRO

1.1 Redução do Imposto sobre produtos industrializados (IPI)

Esta medida, como já foi brevemente abordada anteriormente, tem como objetivo o aumento das vendas dos veículos produzidos em solo nacional. Nos últimos anos já foi adotada em dois momentos, com relativo sucesso visto nos números expressivos de vendas apresentados nos períodos em que foi aplicada.Isto ajuda o país a se manter estável em um momento que a economia mundial está abalada.
Assim, a medida contempla que todos os modelos nacionais até mil cilindradas ficam isentos do IPI. Já para os automóveis até duas mil cilindradas, modelo flex, a alíquota cai de 11% para 5,5%, caso o modelo seja movido somente à gasolina, essa alíquota que antes era de 13% cai para 6,5%. Além dos utilitáriosque passaram de 4% para 1%. Nos demais veículos o imposto não recebeu alteração.
O impacto da medida no primeiro momento em que foi aplicada, em dezembro de 2008, fez com que as vendas no inicio de 2009 superassem com folga as vendas do mesmo período de 2008. No gráfico 1, temos uma estimativa das vendas atribuídas a desoneração do imposto, também notamos um aumento ainda maior próximo aos meses...
tracking img