Bullyng

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2279 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CARTILHA 2010 - PROJETO JUSTIÇA NAS ESCOLAS

1ª EDIÇÃO

AUTORA: ANA BEATRIZ BARBOSA SILVA

CARTILHA BULLYING PROFESSORES E PROFISSIONAIS DA ESCOLA

1. O QUE É BULLYING? O bullying é um termo ainda pouco conhecido do grande público. De origem iing e público. De orig inglesa e público. blic origem nglesa igem sem tradução ainda no Brasil, é utilizado para qualificar comportamentosagressivos no comportamentos agress omportamento omportamentos agressivos ress uanto meninas. Os atos de nina âmbito escolar, praticados tanto por meninos quanto por meninas. Os atos de violência meninas. (física ou não) ocorrem de forma intencional e repetitiva contra um ou mais alun que se epetitiva um mai alun mais alunos ais unos encontram impossibilitados de fazer frente às agressões sofridas. Taiscomportamentos não ressões Tais comportam comportamentos omportam is. ânci ignifica ância, significa apresentam motivações específicas ou justificáveis. Em última instância, significa dizer que, instância, signific di de forma “natural”, os mais fortes utilizam os mais frágeis como meros objetos de diversão, s meros objetos de dive eros bjet er objetos dive versão, prazer e poder, com o intuito demaltratar, intimidar, humilhar e amedrontar suas vítimas. dar, amedrontar sua vítima edrontar suas vítimas. ront uas tima RMALMENTE, EM MAI MAIS AIS 2. QUAIS SÃO AS FORMAS DE BULLYING? NORMALMENTE, EXISTEM MAIS MENINOS OU MENINAS QUE COMETEM BULLYING? LLYING? NG As formas de bullying são: Verbal (insultar, ofender, falar mal, colocar apelidos pejorativos, “zoar”) Física e material (bater, empurrar,beliscar, roubar, furtar ou destruir pertences da vítima) ubar, es da vítima) vítima) tima Psicológica e moral (humilhar, excluir, discriminar, chantagear, intimidar, difamar) minar, difamar) fama famar) Sexual (abusar, violentar, assediar, insinuar) Virtual ou Ciberbullying (bullying realizado por meio de ferramentas tecnológicas: or tecnológicas: gica gicas: celulares, filmadoras, internet etc.)Estudos revelam um pequeno predomínio dos meninos sobre as meninas. No entanto, por entanto, por ntanto, ntanto mais visíveis. ais síveis. ai visíveis serem mais agressivos e utilizarem a força física, as atitudes dos meninos são mais visíveis. isolamento solament solamento Já as meninas costumam praticar bullying mais na base de intrigas, fofocas e iisolamento das colegas. Podem, com isso, passardespercebidas, tanto na escola quanto no ambiente idas, no ambiente ambiente bien doméstico.

7

3. EXISTE ALGUMA FORMA DE BULLYING QUE SEJA MAIS MALÉFICA? O CIBERBULLYING É PIOR DO QUE O BULLYING TRADICIONAL? Uma das formas mais agressivas de bullying, que ganha cada vez mais espaços sem fronteiras é o ciberbullying ou bullying virtual. Os ataques ocorrem por meio de ferramentas tecnológicascomo celulares, filmadoras, máquinas fotográficas, internet e seus recursos (emails, sites de relacionamentos, vídeos). Além de a propagação das difamações ser praticamente instantânea o efeito multiplicador do sofrimento das vítimas é imensurável. O ciberbullying extrapola, em muito, os muros das escolas e expõe a vítima ao escárnio público. Os praticantes desse modo de perversidade também se valem doanonimato e, sem nenhum constrangimento, atingem a vítima da forma mais vil possível. Traumas e consequências advindos do bullying virtual são dramáticos. 4. QUAL O CRITÉRIO ADOTADO PELOS AGRESSORES PARA A ESCOLHA DA VÍTIMA? Os bullies (agressores) escolhem os alunos que estão em franca desigualdade de poder, seja por situação socioeconômica, situação de idade, de porte físico ou até porquenumericamente estão desfavoráveis. Além disso, as vítimas, de forma geral, já apresentam algo que destoa do grupo (são tímidas, introspectivas, nerds, muito magras; são de credo, raça ou orientação sexual diferente etc.). Este fato por si só já as torna pessoas com baixa autoestima e, portanto, são mais vulneráveis aos ofensores. Não há justificativas plausíveis para a escolha, mas certamente os alvos...
tracking img