Bulling nas escolas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1455 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de julho de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
4. PROJETO

4.1 Tema
Bullying
4.2 Turma
2º (segundo) ano Ensino Fundamental

4.3 Duração
02(duas) semanas.

4.5 Justificativa
Estamos presenciando um momento da história, em que a violência está cada vez mais presente na nossa sociedade. Vivemos uma época repleta de "incertezas, tensões, falta de valores, com a perda da noção de limite entre o bem e o mal, conceitoesses que regem, justamente, o nosso comportamento em âmbito social.
Diante disso, estão sendo tomadas várias medidas de segurança, com o objetivo de prevenir esses atos violentos.
Dessa forma, muros e grades altas, detectores de metais e câmeras de vídeo para monitoramento dos alunos são instalados e seguranças particulares dentro e fora da escola são disponibilizados.
A comunidadeescolar está disposta a combater, ou seja, a violência explícita. Entretanto juntamente com essa violência explícita, existe outro tipo de violência que merece a atenção dos profissionais da educação.

4.6 Objetivos Gerais

A violência escolar, nos últimos tempos, tem alcançado uma crescente dimensão em todo mundo. Não só cresceu a violência entre os educandos, como também entre aluno eprofessor e contra a própria instituição de ensino. Essa violência é definida por alguns autores, como Bullyng, e merece atenção especial, pois se tornou preocupante devido ao seu aumento no âmbito escolar. Em virtude disso, é de suma importância que os educadores conheçam essa problemática e quais as conseqüências dela na sua prática docente e principalmente, os efeitos do Bullying na vida de seuseducandos.

4.7 Objetivos Específicos
Debater com os alunos sobre comportamento agressivo físico e moral .
4.8 Referenciais Teóricos do Projeto
Primitivo e contemporâneo
4.9 Conteúdos
Produção de texto
Relatório e ilustração
Dinâmicas
Confecção de livros
Entrevista
Palestra

4.10 Metodologia
Organize os alunos num círculo e oriente a leitura Perguntequem já foi alvo de implicâncias e perseguições de colegas na escola. Houve algum tipo de agressão física ou as ações se deram mais no campo moral, com a escolha de apelidos politicamente incorretos? Os jovens percebiam risadinhas, empurrões, fofocas ou a propagação de termos pejorativos como bola, rolha de poço, baleia, nerd, quatro-olhos etc.? Quem já recebeu mensagens difamatórias ou ameaçadorasno celular, no Orkut ou nos blogs pessoais? Provavelmente muitos dirão que já testemunharam "brincadeirinhas" do gênero, mas dificilmente admitirão que já as promoveram.
Debater
Chame a atenção dos jovens para o fato de que o bullying, às vezes considerado normal por alguns pais e até por professores, está longe de ser inocente. Apesar de configurar prática comum entre crianças eadolescentes de países diferentes e fazer parte do cotidiano escolar em todas as épocas, deve ser constantemente evitado e combatido. Ressalte que uma das maiores preocupações dos estudiosos do assunto são os efeitos psicológicos que as agressões podem produzir nas vítimas. Leia com a classe o quadro abaixo e discuta o significado etimológico da expressão bullyng. Então, peça que todos pensem numapossível tradução da palavra para o nosso idioma.

Destaque os sinais dos alvos da “brincadeira sem graça”. Lembre que daí pode advir problemas como depressão, angústia, baixa auto-estima, estresse, isolamento, fobias, evasão escolar, atitudes de autoflagelação e até suicídio

4.11 Recursos Utilizados

Proponha que os alunos colham depoimentos – se possível com auxílio de umgravador – de pais, tios, avós e outras pessoas de diferentes faixas etárias sobre as dificuldades de relacionamento que experimentaram durante o tempo de escola. Quais eram os apelidos mais comuns naquela época? Alguém foi às “vias de fato” com os colegas que criavam e apontavam defeitos nos outros? Certamente a garotada vai identificar casos diversos de pessoas que sofreram intimidações e...
tracking img