Bronquiectasia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1958 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
A bronquiectasia é definida como a dilatação e distorção irreversível de um ou mais brônquios, decorrente da destruição dos componentes elásticos, cartilaginosos e musculares da parede brônquica. Essas alterações são, muitas vezes, acompanhadas de um quadro clínico exuberante e característico.
Dentre os fatores causadores da bronquiectasia destacam-se as infecções bacterianasbroncopulmonares recorrentes, a retenção de secreção ocasionada por infecções mal curadas e, também, defeitos anatômicos ou imunológicos.
É importante ressaltar que a bronquiectasia geralmente é decorrente de outra patologia de base e as doenças mais comuns associadas são a bronquite crônica, asma brônquica, mucoviscidose, pneumonia e síndrome dos cílios imóveis.

















1.Conceito
É uma dilatação anormal e irreversível dos brônquios e bronquíolos, com destruição dos componentes elásticos e musculares destas estruturas. A via aérea afetada torna-se frouxa, tortuosa, com obstrução e fibrose.
Não é em si uma doença isolada, mas é produzida de diversas maneiras e é, em consequência de diferentes processos que lesam a parede brônquica, interferindo direta ouindiretamente em suas defesas.
Afeta com mais frequência os lobos inferiores, a língula e o lobo médio, atingindo com mais frequência o pulmão esquerdo, embora 50% dos casos sejam bilaterais. Os lobos superiores drenam mais devido ao auxilio da gravidade, sendo pouco acometidos.
Clinicamente, se caracteriza por tosse de longa duração e de caráter produtivo de forma crônica intermitente ou persistente.
Abronquiectasia é classificada em cilíndrica, varicosa, sacular, localizada e multissegmentar.

Pseudobronquiectasia
É a dilatação brônquica que surge em decorrência de processos inflamatórios agudos, mas, no entanto, é reversível. É geralmente cilíndrica e tem sua resolução após um período que varia de três meses a um ano. O conhecimento dessa situação é importante, pois evita investigaçõesdiagnósticas precoces e até mesmo a realização de procedimentos cirúrgicos desnecessários.

Bronquiectasia Seca
É aquela que se manifesta por meio de episódios de hemoptise e com quase nenhuma produção de escarro. Geralmente, surge em decorrência de lesões de tuberculose, curadas e cicatrizadas, nos ápices pulmonares. Não há acúmulo de secreções em função da drenagem contínua promovida pela açãoda gravidade.

Bronquiectasia de Tração
É um termo utilizado para descrever a dilatação brônquica que surge em função da retração do parênquima, provocada por fibrose pulmonar. É tipicamente um achado de imagem e na maior parte dos casos não apresenta as características clínicas das bronquiectasias propriamente ditas.

2. Etiologia
∙ Infecciosas: bacterianas; virais e outras infecções;
∙Obstrução brônquica: corpo estranho; neoplasias (por compressão ou invasão dos brônquios); adenopatia hilar.
∙ Defeitos anatômicos congênitos: broncomalácia, aneurisma da artéria pulmonar
∙ Imunodeficiência: tuberculose; DPOC;
∙ Anomalias hereditárias: defeitos ciliares, fibrose cística;
∙ Outras desordens: pneumonias de aspiração recorrentes; alcoolismo; fumo; doença do tecido conjuntivo.

3.Fisiopatologia
A obstrução bronquial causa absorção do ar do tecido pulmonar distalmente à obstrução e, essa área, como consequência, se contrai e colaba, causando uma força de tração que é exercida sobre as vias aéreas mais proximais, que se distorcem e dilatam. Essa área tecidual dilatada leva a um acúmulo maior de secreção, ocasionando infecções e causando inflamação da parede brônquica comdestruição do tecido elástico e muscular. Com as recorrências da infecção, as paredes dos brônquios tornam-se cada vez mais fracas, ocasionando a dilatação irreversível.
A dilatação do brônquio gera desequilíbrios nos processos de depuração mucociliar normais acarretando hipersecreção e alteração na função pulmonar normal.
Conforme a evolução da doença, os brônquios ficam cada vez mais...
tracking img