Brincando e alfabetizando - o uso do lúdico e tecnologias na alfabetização

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2427 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
PROJETO: BRINCANDO E ALFABETIZANDO - O USO DO LÚDICO E TECNOLOGIAS NA ALFABETIZAÇÃO

Acd: Denis Coelho Moreno
arari 2013


1. JUSTIFICATIVA
Este projeto visa melhorar o índice de alfabetização de crianças de 2 até os 9 anos de idade. Através da aplicação de jogos e brincadeiras com objetos e programas de computador para que, tenhamos maior aproveitamento em estudos posteriores. Estesestudos posteriores vão desde o 4º ano até o período do ensino médio ou mais, visto que, atualmente em concursos ou vestibulares vemos muitos alunos que sentem dificuldades devido às falhas que ocorreram desde as séries iniciais e que não foram reparadas até o ensino médio.
Atualmente o Brasil ocupa a 95ª posição no ranking mundial de pessoas alfabetizadas. Neste país, que em cada 20.000 pessoas,(média de pequenas cidades do Brasil) com mais de 18 anos de idade somente 18.000 encontram-se alfabetizadas, porém, 2.000 não conseguem dominar a leitura e a escrita.
Através dos resultados e avaliações obtidas nesta última década, vemos a necessidade da mudança e melhoria dos métodos de ensino, visto que é insuficiente a quantidade de alunos capazes de identificar códigos sinais, suas tecnologias eaplicações, após o período de alfabetização adequado, que é referente aos primeiros anos de escolaridade que vai dos 3 aos 6 anos de idade. (LDB, Lei 9394/1996. Art. 32).
Segundo Piaget a criança de 2 a 4 anos, durante o período sensório motor, já tem a habilidade de identificar e assimilar objetos e seus respectivos nomes. Visto isto, é oportuno usarmos essa fase, para alfabetizar as crianças noperíodo adequado sem a necessidade de tornar isto uma dificuldade ou causar desprazer e desconforto.
O desenvolvimento da criança deve ser acompanhado e feito da maneira e no tempo corretos, do contrário o aluno encontrará dificuldades em estudos posteriores. Se não alcançado as competências e habilidades adequada para prosseguir o aluno será reprovado continuameTnte nos anos letivos seguintesou será empurrado para a próxima série. Estes fatos geram o alto índice de desistências .
Segundo Paulo Freire, devemos alfabetizar do real (objetos, animais, frutas, nomes de pessoas conhecidas e etc.) para o abstrato (códigos, letras, sílabas, palavras e etc.). esta é a leitura de mundo, onde a criança lê e consegue transmitir o que entendeu ou olha e sabe descrever cada cena através da escrita.“Emília Ferreiro afirma que as primeiras tentativas já não são vistas como rabiscos, mas uma espécie de escrita”.
Celso Antunes, fala no vídeo “Transformando Informação em Conhecimento” que o aluno desta série deve possuir mais conhecimento do que no ano anterior e devido a esses conhecimentos deve viver melhor, logo, é necessário que ele absorva os conhecimentos adequados para o seu dia a diano período adequado. Ele também comenta que para o aluno obter “informação” é suficiente a aula escrita na lousa com o giz a ser transcrito para o caderno e guardado até a hora da prova, porém, para se repassar “conhecimento” se requer um aluno envolvido e um conhecimento prévio do que vai lhe ser repassado mesmo que, durante os primeiros anos de nascimento.
Nos dias atuais temos a certeza de quenovos métodos são necessários para um melhor desempenho no processo de alfabetizar. Antunes retoma que é possível novos métodos sem envolver um processo que ele denominou “criar a roda”. Hoje existem vários livros, revistas e pesquisas que podem ajudar a facilitar a relação professor-aluno no processo de alfabetização.
Com este projeto visamos mostrar alguns métodos que servem como base para ainiciação da criança na vida escolar, visando a melhoria da qualidade do ensino básico sem distinção de raça, nível social, renda ou credo. Estes poucos servirão também de amostra para pais e professores do CEERCEMA, buscarem novas metodologias e recursos que usam o lúdico para alfabetizar.

2. OBJETIVOS

2.1 Objetivo Geral
* Mostrar aos acadêmicos, pais e professores do CEERCEMA, a...
tracking img