Benin

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (300 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O Reino de Benin


Não falamos aqui do atual de Benin. Formado pelo povo Edos, a tradição oral apresenta informações sobre a origem do reino Benin, como sendo seu fundador umfilho que Oraian teria tido com uma mulher da terra. Fala-se de um Estado, uma forma de república anterior ao reino. E os povos Edos teriam dirigido a Ifé para pedir ao ioruba Oduduaum príncipe que governasse Benin. Oraian, filho do deus-rei, teria esposado uma mulher da terra e fundado a dinastia governante. O mito da fundação do reino sugere a possívelchegada de um clã dirigente ioruba aos territórios edos.

Quando os portugueses entram em contato com Benin, por volta de l480, o reino se encontrava em plena expansão. Teria umasoitenta léguas de comprimento por quarenta de largura. Benin vivia em intermináveis guerras em seu processo de expansão. Nos últimos anos do século XV, uma expedição portuguesa foi àcapital do reino para estabelecer os primeiros contatos com Evaré, o Grande, a Oba em exercício (era o décimo quinto da dinastia). A Oba recebeu os portugueses de braços abertos. Ocobre era um dos principais produtos que os Edos obtinham no comércio do Níger. A cola guineense era tradicionalmente trocada pelo cobre e o algodão sudanês. A Oba Esigi que sucedeuEvaré foi ainda mais favorável aos portugueses. Permitiu que missionários cristãos construíssem igrejas no reino, que seus súditos batizassem, porém ele não se converteu aocristianismo, como fez seu contemporâneo manikongo Afonso, rei do Kongo. O único traço cristão que permaneceu em Benin foi à crucificação de seus inimigos, ou seja, o cristianismo não vingou.Tal castigo era desconhecido na África antes da chegada dos cristãos. O comércio entre os portugueses e Benin, além de escravos, envolvia armas, pimenta, vestimentas, marfim, etc.
tracking img