Beneficios

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5260 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Os Benefícios

Os benefícios atingem dois objetivos: o da organização e o das pessoas. Os objetivos das organizações são estar competitivas no mercado de trabalho, melhorar a qualidade de vida dos empregados, melhorar o clima organizacional, reduzir a rotatividade de pessoal e o absenteísmo, facilitar a atração e manutenção dos recursos humanos e aumentar produtividade em geral.
Para aspessoas os benefícios atingem principalmente o atendimento de suas necessidades intrínsecas e extrínsecas. Necessidades intrínsecas são as endógenas, que nascem e florescem no interior do indivíduo e são, em geral, de caráter psicológico. Por exemplo: necessidades sociais, de relacionamento, de status etc., e podem ser supridas pela organização graças às políticas sociais, valores culturais, práticasgerenciais e outras formas que privilegiem o atendimento desse tipo de necessidade de acordo com a tipicidade do ambiente, no momento vivido pela empresa e a intensidade das necessidades sentidas.
Necessidades extrínsecas são as exógenas, que têm origem no mundo externo do
indivíduo e que lhe fornecem, em geral, a satisfação de fatores físicos. Por exemplo: incentivos financeiros, serviços,seguros etc. Essas necessidades são satisfeitas pelas empresas por meio de “pacotes” (conjunto de benefícios), que, somados ao salário percebido pelo empregado, formam concretamente a sua remuneração. Os benefícios dão um grande suporte para que as pessoas consigam satisfazer também segundo Chiavenato (2002) “os fatores insatisfacientes (ambientais ou higiênicos), bem como fatores satisfacientes(motivacionais ou intrínsecos) descritos por Goleman”.

Segundo o Ministério do Trabalho Benefício para o Trabalhador significa:
• Melhoria de suas condições nutricionais e de qualidade de vida;
• Aumento de sua capacidade física;
• Aumento de resistência à fadiga;
• Aumento de resistência a doenças;
• Redução de riscos de acidentes de trabalho.

Para Empresas:
•Aumento de produtividade;
• Maior integração entre trabalhador e empresa;
• Redução do absenteísmo (atrasos e faltas);
• Redução da rotatividade;
• Isenção de encargos sociais sobre o valor da alimentação fornecida;
• Incentivo fiscal (dedução de até quatro por cento no imposto de renda devido).

Para o Governo
• Redução de despesas e investimentos na área da saúde;• Crescimento da atividade econômica;
• Bem-estar social.

Segundo Chiavenato (1999) “Benefícios são certas regalias e vantagens concedidas pela organização, a título de pagamento adicional dos salários à totalidade ou à parte de seus funcionários”.
De acordo com Marras (2003) denominan-se “Benefícios o conjunto e programas ou planos oferecidos pela organização como complemento ao sistemade salários. O somatório compõe a remuneração do empregado” Os Benefícios surgiram com a preocupação de reter o pessoal e reduzir a rotatividade, principalmente onde as condições eram adversas. Hoje, eles são discutidos por diversos aspectos quanto aos seus propósitos. Existe uma dificuldade muito grande em classificar os benefícios sociais e segundo Chiavenato apresenta três:
A. Quanto à suaexigibilidade legal:
- Legais – Legislação trabalhistas ou previdenciária e convenção coletiva entre sindicatos.
Ex: férias, 13° salário, salário-familia...
- Espontâneos – Não são exigidos por lei.
Ex: refeições, empréstimos...
B. Quanto à sua natureza:
- Monetários – Concedidos em dinheiro, geralmente na folha de pagamento e que geram encargos sociais.
Ex: férias, 13° salário...
- NãoMonetários: Serviços, vantagens ou facilidades.
Ex: transporte, refeitório, clube...
C. Quanto aos seus objetivos:
- Assistenciais – Prover aos funiconários e suas famílias de certas condições em caso de emprevistos ou emergências.
Ex: Assistência médica,odontológicas,financeiras,creches...
- Recreativos – Proporcionam condições físicas e psicológicas de repouso,diversão,recreação,higiene...
tracking img