Resumo do livro de hebreus

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas: 15 (3636 palavras)
  • Download(s): 0
  • Publicado: 18 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Aluno: Marcos Costa Profª: Damares / Turma: 1ºano

Resumo Comentário do Livro de Hebreus

Vitória da Conquista
Data: 11 de Outubro de 2011

Estudo do Livro de Hebreus cap. 11
A voz que vinha da nuvem confirmou a Pedro, Tiago e João que Jesus é o Filho amado de Deus e que devemos ouvir a ele, em vez de Moisés ou Elias . logo no começo da epístola de Hebreus o autor observa que, enquanto Deus usou vários métodos e indivíduos para levar sua palavra à humanidade, no passado, seu porta-voz durante estes “últimos dias” éseu Filho . O apóstolo Pedro afirmou que estamos vivendo nos últimos dias, quando identificou os acontecimentos de Pentecostes , Jesus não é só um outro porta-voz, Ele é muito superior em natureza aos profetas que o precederam. Ele não é somente Criador e Redentor , ele é também Divindade, ele não é a mesma pessoa que o Pai, mas ele é a “expressão exata” do Pai e, assim, participa da naturezaeternal do Pai ; Jesus é também superior aos anjos. Ele obteve um mais excelente nome do que eles. O autor de Hebreus usa o silêncio de Deus para afirmar seu ponto. Ele cita afirmações divinas a respeito da posição de Jesus , Deus nunca se dirigiu a nenhum dos anjos como seu Filho.Pode então, qualquer dos anjos assumir a posição de Filho de Deus, Certamente que não! O argumento do escritor de Hebreus depende da premissa de que o silêncio de Deus é proibitivo, não permissivo: um princípio importante para todos nós que procuramos a aprovação de Deus em nossas vidas. A comparação entre Jesus e os anjoscontinua quando o escritor de Hebreus observa que os anjos são espíritos servidores, que adoraram o Filho durante sua encarnação . Jesus, contudo, é um Monarca cujos anos não findarão, isto é, ele é um ser eterno.

Marcos Alberto
Estudo do Livro de Hebreus cap. 2 2
O primeiro capítulo de Hebreus afirma, a superioridade de Jesussobre profetas e anjos. Em vista deste fato, o autor ressalta a necessidade de prestar atenção à mensagem dada pelo Senhor , e confirmada por Deus através de milagres . Ele defende esta idéia usando uma forma de argumento, em seu livro. Aqueles que desobedeceram à lei entregue pelos anjos (a Lei de Moisés) foram justamente punidos. Desde que Jesus é superior aos anjos, é ainda mais certo que adesobediência de sua lei será punida . Enquanto o autor argumenta de um modo muito lógico, ele interrompe periodicamente seu raciocínio com advertências aos seus leitores. Ele escrevia aos cristãos que estavam pensando em voltar ao judaísmo. Há cinco advertências espalhadas através de todo o livro , Estas advertências são duras e mostram que é possível para os cristãos serem condenados eternamente seabandonarem o Senhor . O homem foi criado um pouco mais baixo do que os anjos. Este fato, provavelmente, levantou uma questão na mente de seus leitores. Se Jesus é superior aos anjos, por que ele tomou a forma de um homem, que foi feito inferior aos anjos? A resposta a estapergunta é encontrada no papel redentor que Jesus desempenha. O homem precisa de um mediador entre Deus e si mesmo. Porque Jesus sofreu e foi tentado como são os homens neste mundo, ele pode, portanto, ajudar os homens como um misericordioso e fiel Sumo Sacerdote. O autor de...
tracking img