Resumo do livro de hebreus

Aluno: Marcos Costa Profª: Damares / Turma: 1ºanoResumo Comentário do Livro de Hebreus

Vitória da Conquista
Data: 11 de Outubro de 2011

Estudo do Livro de Hebreus cap. 11
A voz que vinha da nuvem confirmou a Pedro, Tiago e João que Jesus é o Filho amado de Deus e que devemos ouvir a ele, em vez de Moisés ou Elias .logo no começo da epístola de Hebreus o autor observa que, enquanto Deus usou vários métodos e indivíduos para levar sua palavra à humanidade, no passado, seu porta-voz durante estes “últimos dias” éseu Filho . O apóstolo Pedro afirmou que estamos vivendo nos últimos dias, quando identificou os acontecimentos de Pentecostes , Jesus não é só um outro porta-voz, Ele é muito superior em natureza aosprofetas que o precederam. Ele não é somente Criador e Redentor , ele é também Divindade, ele não é a mesma pessoa que o Pai, mas ele é a “expressão exata” do Pai e, assim, participa da naturezaeternal do Pai ; Jesus é também superior aos anjos. Ele obteve um mais excelente nome do que eles.O autor de Hebreus usa o silêncio de Deus para afirmar seu ponto. Ele cita afirmações divinas a respeito da posição de Jesus , Deus nunca se dirigiu a nenhum dos anjos como seu Filho.Pode então, qualquer dos anjos assumir a posição de Filho de Deus, Certamente que não! O argumento do escritor de Hebreus depende da premissa de que o silêncio de Deus é proibitivo, não permissivo: umprincípio importante para todos nós que procuramos a aprovação de Deus em nossas vidas. A comparação entre Jesus e os anjos...