Aula de campo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1588 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
PARQUE ESTADUAL DE CAMPINHOS:
AULA DE CAMPO
[pic]








Curitiba, 08.2011

1. IDENTIFICAÇÃO DO PROJETO

AULA DE CAMPO: Parque Estadual de CAMPINHOS

ENDEREÇO: O Parque Estadual de Campinhos (PEC) situa-se na região norte da Região Metropolitana de Curitiba (RMC), localizado nos municípios de Tunas do Paraná e Cerro Azul. Situado a 63 km de Curitiba e a 8 km de Tunas doParaná.O acesso principal do parque faz-se pela rodovia federal BR-476.


TELEFONE: (41) 3659 14 28 - direto do parque

DISCIPLINA: Geografia

PROFESSOR(A): Ligiane

TURMAS ENVOLVIDAS:




2. CRONOLOGIA:




SAÍDA DO COLÉGIO:

RETORNO AO COLÉGIO:





3. RECURSOS NECESSÁRIOS:

Nove ( 09) Ônibus com a capacidade de viagem em Rodovias, com banheiro. Dois poraula de campo.






4. OBJETIVOS:

4.1 GERAL:

Estimular o aluno para a construção do conhecimento valorizando as questões ambientais bem como a ação antrópica causada durante o processo de ocupação e urbanização da região.


2. ESPECÍFICOS:

• Analisar o tipo de solo da região e as formações rochosas da área do parque.
• Entender o processo de transformação do relevobem como os agentes transformadores deste espaço geográfico.
• Analisar a atual utilização do solo no entorno do parque.
• Reconhecer as formações naturais do Parque Estadual de Campinhos: ESPELEOLOGIA.
• Observar a vegetação nativa da região.
• Desenvolver uma análise crítica da ocupação populacional ocorrida nos arredores da BR que liga a cidade de Curitiba e a Regiãometropolitana.
• Reforçar a visão ecológica ligada a preservação do meio-ambiente e o turismo ecológico.
• Estimular a interação social e as atividades relacionadas a trabalhos de campo.








5. METODOLOGIA:

A aula de campo ocorrerá em três etapas:

• A primeira etapa: em sala de aula: Temas como localização, relevo, vegetação e estrutura geológica entre outros serãoabordados pelo professor.




• A segunda etapa: será a aula de campo propriamente dita,onde os alunos irão a campo observar o que já foi estudado e levantar outras análises do espaço geográfico.




• A terceira etapa: ocorrerá novamente em sala de aula, onde os alunos farão um relato da experiência com a entrega de um trabalho de aprofundamento dos temas pertinentes a aula de campo.• AVALIAÇÃO: Ocorrerá durante todo o processo finalizando com o trabalho da terceira etapa.





6. FUNDAMENTAÇÃO TEÓRICA

As aulas de campo são muito importantes no aprendizado da Geografia. É em contato com a natureza que o aluno poderá perceber e aprender os diversos aspectos que envolvem o seu estudo, quer seja social, cultural ou econômico.
Diferentemente de uma aula deGeografia em sala, ou em um laboratório, a aula de campo apresenta uma visão do real. Saindo do abstrato, o aluno poderá analisar e investigar assuntos relativos ao ambiente estudado, podendo assim problematizar e ter uma visão critica das ações antrópicas, buscando soluções para os problemas já existentes na região ou que surgirão no futuro.
É muito gratificante para o professor perceberque o aluno através da prática está se apropriando do conhecimento, que muitas vezes durante a teoria, não contempla todas as suas possibilidades de aprendizado.
Para cada tipo de excursão, os métodos de ensino e a interdependência professor-aluno devem ser analisados para que assim se atinjam os objetivos propostos.
Os métodos de ensino em uma saída de campo podem ser classificados emdirigidos, semi-dirigidos e não-dirigidos (Brusi,1992) e a relação professor-aluno pode ser centrada no professor, centrada no aluno ou de equilíbrio. A situação de equilíbrio, vista pela maioria como sendo a ideal, em alguns casos, pode tender para um lado ou para o outro de acordo com os objetivos didáticos propostos.
Os estudos dirigidos pressupõem que o professor é que direciona o objeto de...
tracking img