Atps – etapa 2 – estudo de caso airbus

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1186 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ATPS – ETAPA 2 – ESTUDO DE CASO AIRBUS

A Airbus Industries, surgiu da necessidade de se produzir uma aeronave bi jato para 250 passageiros em média. Havia demanda e não havia opção, assim algumas indústrias aeronáuticas européias se associaram e fundaram a Airbus Industries (consórcio francês, alemão, inglês e espanhol).
O Airbus A/300B, com 226 passageiros, foi lançado (projeto) ao mundo em1969, no Salão Aeronáutico de Paris e, em 1971 a primeira aeronave ficou pronta. O seu primeiro vôo foi em Outubro de 1972. A Air France foi a primeira cliente da empresa, encomendando 06 (seis) A-300B2 para 250 passageiros.
Em 1975 a Airbus tinha 55 aeronaves compradas por três empresas estrangeiras e 10% (dez por cento) do mercado mundial à época, para esse tipo de aeronave. O A-300B4 entrouno mercado norte-americano através da Western Airlines, que adquiriu 04 (quatro) unidades. O crescimento foi rápido e a Airbus terminou 1979 com 256 aeronaves encomendadas por 32 empresas, sendo que 81 já estavam em serviço regular por 14 companhias.
Em Julho de 1978 a Airbus lançou o A-310, inicialmente configurado para 218 passageiros. Um pouco menor, mas com maior raio de ação e tanquesmaiores. O A-320 foi apresentado em 1984 e a família veio a seguir (A-321 em 1989 - para 180/200 lugares, o A-319 para 120 em 1992 e finalmente em 1999, o A-318, o menor de todos, para 107 lugares). Essas aeronaves menores fazem muito sucesso e são as principais responsáveis pela fatia de mercado atual da empresa. Posteriormente vieram o A330 e o A340, aviões intercontinentais de grande porte, e por fimo novíssimo A380, maior aeronave do mundo atualmente. Ambos têm grande autonomia de vôo e boa capacidade de carga. A versão cargueira é fabricada apenas no A330 (A330F), que é bi jato e mais econômico que o A340, mas possuindo excelente autonomia, mesmo com limite máximo de carga.
O último projeto da Airbus foi apresentado em dezembro de 2000 (o A-380), que foi certificado apenas em 2008 e, apósdiversos testes entrou em operação comercial no 3º trimestre de 2009. Com 550 lugares e autonomia para 14.800 km é a maior aeronave já construída pelo homem até hoje. A versão cargueira tem capacidade para 150 toneladas e 10.410 km de vôo non-stop.
A Airbus, em Julho de 2001, efetuou uma mudança em sua estrutura, passando a ser uma empresa apenas, e não um consórcio de empresas, com o nome deSociété par Actions Simplifiée - S.A.S., com efeito retroativo a Janeiro de 2001. A companhia continua sediada em Toulouse (França) e com bases na Alemanha, Grã-Bretanha e Espanha. Ela tem como subsidiárias, a EADS - European Aeronautic Defense and Space Company e BAE Systems, ambas com base no Reino Unido - num consócio entre a Matra (França), CASA (Espanha), Daimler-Chrysler Aerospace of Germany(Alemanha) e BAE Systems (Inglaterra). A BAE Systems possui 20% das ações da Airbus e as demais 80% do seu capital.
Hoje são mais de 1.500 de fornecedores de 27 países - sendo 800 dos Estados Unidos - e 100.000 componentes diferentes fornecidos. Até 31.12.2009 a empresa já havia vendido 9.409 aeronaves, sendo que 5.937 foram entregues e, destas, 5.657 continuam voando. Possui em carteira 3.472encomendas. Emprega 52.000 pessoas de 50 nacionalidades em 16 locais diferentes na Europa (até dezembro/2009). O atual Presidente da companhia é Thomas Enders. Em 2003, pela 1ª vez, tornou-se a maior fornecedora mundial de aeronaves comerciais, superando a Boeing Company (norte-americana), mesmo feito a companhia conseguiu em 2009. Ainda em 2009 a Airbus faturou US$ 60,55 bilhões (3,8% a menos do queem 2008, queda que a empresa atribuiu à valorização do Euro em relação ao Dólar Norte-Americano - as aeronaves são cotadas e negociadas em US Dólar) e entregou 498 jatos comerciais - recorde absoluto na sua história.
F Á B R I C A S:
Toulouse - Blagnac, França - Escritório central (sede)
Toulouse - Colomiers, St. Martin, França - Fábrica de parte das aeronaves (todas) e customização...
tracking img