Artigo conceito de infancia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2875 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CONCEITO DE INFÂNCIA E SOCIEDADE


Mário Franco
Reginaldo Alves
Lidiana Filgueira
Kadson Pedro


RESUMO
O presente artigo tem por objetivo contribuir para a compreensão das discussões sobre “infância”, que é uma fase da vida do indivíduo que historicamente foi vista de diversas formas, e até os diasatuais ainda encontra-se muito a indagar sobre esse tema e a sociedade em que foi e estão inseridas. Partindo de estas interrogações esta comunicação ira discutir a evolução do conceito de criança e infância a partir de uma perspectiva sociológica, segundo os autores: Philippe Àries (1981), Bernard Charlot (1983), Niel Postmam (1999), Sonia Kramer (2003)

Palavras-Chaves: Infância, concepção deinfância, sociedade.

ABSTRACT
This article has the objective to contribute to the understanding of theoretical methodological discussions for the teaching of history in the first cycles of the elementary school. It suggests some methodologies for awakening in the student's critical sense and reflective of how contextualized and interdisciplinary approach to construction of the historical knowledge,at the same time in which values the importance of research in texts, documents, letters, newspapers, letters, music as well as the use and appropriateness of contextualized.

Key Words: History and Education, methodologies and pedagogical practices.

No momento atual com a globalização realizando profundas transformações e rápidos avanços tecnológicos, é preciso que haja uma sincroniaentre escola e tecnologia educacional, a escola precisa agilizar sua caminhada para que a educação acompanhe esse permanente processo de mudança que vem se mostrando bastante dinâmico.
A escola para estar cumprindo seu papel social de fato precisa pensar em uma educação dinâmica, formativa e acima de tudo, democrática. Sozinha ela não é capaz de transformar uma realidade social, mas tem aresponsabilidade de preparar o individuo da melhor maneira para enfrentar a realidade que a cerca, isso será possível se houver um trabalho de educação que seja realmente significativo e desperte o senso critico no aluno logo nas series iniciais.
A escola precisa educar para a cidadania. Como nos mostra Paulo Freire “Ensinar exige respeito à autonomia do ser do educando”, neste sentido oensino de História tem muito para contribuir com formação desse cidadão pleno. Para essa formação é interessante refletir sobre a importância da metodologia para o desenvolvimento de uma ação pedagógica de qualidade. As teorias metodológicas são indispensáveis, para o bom nível do processo ensino/aprendizagem.
É preciso refletir se essas teorias são convenientes para a nossa realidade e secontribuirá para o enriquecimento de nossa prática pedagógica. Oliveira (1998) ensina:


O leque de possibilidades é variado: passa pelas fontes e as ciladas que escondem para um entendimento que supere as aparências e penetre nas entranhas dos reais interesses em jogo, nas ações dos sujeitos interlocutores, numa dada época; pelo processo de produção do conhecimento, ou seja,pela transformação dos dados, com a mediação dos conceitos, em interpretações de um determinado tema social; pelo âmbito, quer dizer, pela abrangência que se postula para a pesquisa; além, ainda, da reflexão em torno das relações entre sujeito e objeto do conhecimento e as decorrências aí implícitas. (p. 24)




Tomando como base o pensamento de Oliveira o professor deve selecionarsuas fontes e relacioná-las com o cotidiano dos seus alunos, sistematizando o conhecimento, elaborando seus próprios conceitos, através da interpretação voltada para o seu trabalho.
O conhecimento histórico tem como objetivo principal a compreensão dos processos e dos sujeitos históricos, desvendando as relações que se estabeleceram entre os grupos humanos em diferentes tempos e espaços....
tracking img