Aprendizagem e diversidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1497 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

O ser humano está sempre buscando conhecer sobre si mesmo e os outros, então se depara com diferenças e não sabe como agir diante delas, por falta de informações pode prejudicar uma pessoa, dando muita importância ao que considera ser defeito no outro, inclusive na linguagem que este usa. A linguagem é o que nos torna humanos, é através dela que transmitimos conhecimentos eexperiências que garantem nossa sobrevivência, e vida em sociedade. Na escola a linguagem é usada, para influenciar os alunos, e desenvolver suas potencialidades.
O futuro pedagogo deve obter conhecimentos de várias áreas da ciência, com o objetivo de entender, porque seus alunos agem de maneira diferente em algumas circunstâncias.
2. DESENVOLVIMENTO

A linguagem foi vista de diferentes maneirasao longo dos anos, como meio de comunicação, expressão do pensamento e atualmente como forma de interação.
Devido a diversidade humana cada falante usa seus recursos linguísticos dentro da mesma língua, quando as variações ficam mais evidentes em um grupo social estas recebem o nome de variações linguísticas.
Dentro de um país existem muitas variações linguísticas, que causam, preconceitos,porque cada grupo acredita que fala da maneira correta e nega as variações quando pensa, que o outro grupo fala errado, principalmente no regionalismo.
A criança desde pequena apropria-se da língua falada pelo seu grupo social e familiar, e na escola estas diferenças e preconceitos ficam evidentes, sejam na linguagem infantil quando a criança está se apropriando da língua dentro de suascapacidades, nas variações linguísticas, linguagem coloquial, até o baixo calão usado muitas vezes.
Ao questionar uma professora que atua na educação infantil esta relatou que em sua classe, alguns alunos usam uma linguagem infantilizada, porque no seu convívio familiar são tratados como bebês, estes usam palavras no diminutivo prejudicado sua fala, a correção é feita usando as palavras corretas mas semconstrangê-los. Nesta classe nenhum aluno sofre preconceito linguístico, se ouve-se caberia a professora mostrar que diferenças linguísticas existem, e deve conscientizar seus alunos sobre o respeito ao colega que possa sofrer preconceito, pois mais importante do que falar ou escrever corretamente, é poder se expressar.
O professor tem o objetivo de oferecer ao aluno acesso a norma culta, parapoderem compreender no futuro o que lhes é falado, ou escrito a fim de participarem ativamente na sociedade em diferentes situações mas não deve menosprezar a linguagem espontânea de cada aluno.
Segundo Bagno, 2001, p.36, “menosprezar, rebaixar, ridicularizar a língua ou a variedade da língua empregada por um ser humano equivale a menosprezá-lo rebaixá-lo enquanto ser humano”
Assim como alinguagem outras diferenças, culturais, psicológicas, físicas, sociais são vistas como um problema causando preconceito, que é uma forma de egocentrismo, pensamos que o outro precisa ser igual a nós e as diferenças não são aceitas. Então vem os apelidos gordo, magrela, aleijado, feio entre tantos outros.
Na escola, os excessos, de apelidos, que causam atormentação, intimidação, inclusive agressãofísica, recebem o nome em inglês de bullying, nome novo para um velho problema, que deve ser combatido através da informação, evitando danos as pessoas que são vitimas desta prática.
Nas instituições de ensino existe um empenho em mostrar aos seus alunos que existem diversidades, porém o mais sensato seria promover a interação entre os diferentes, uma pessoa não é igual a outra, nem precisa ser, sódevemos entendê- la e respeitá – la.
Um aluno ao ser questionado se teria algum colega com dificuldades em relacionar-se com os demais, citou um colega autista, este se relaciona pouco, mas principalmente com adultos que lhe dão atenção, ele chora muito, e quase não brinca, as vezes fica agressivo. Por desconhecer os motivos que faziam o colega ser tão esquivo o aluno não entende porque o...
tracking img