Analise textual

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 22 (5434 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ANÁLISE TEXTUAL - SERVIÇO SOCIAL
Profa. Maria de Fatima S. O. Barbosa


AULA 1: LÍNGUA, LINGUAGEM E VARIAÇÃO LINGUÍSTICA CONCEITUANDO

O QUE ENTENDEMOS POR “ANÁLISE”?
Exame minucioso de uma coisa em cada uma das suas partes.

Análise Textual, então, é?

De onde vem essa disciplina?

LÍNGUA x LINGUAGEM

O QUE É LINGUAGEM?
Linguagem é a capacidade específica à espécie humana decomunicar por meio de um sistema de signos vocais ou língua, que coloca em jogo uma técnica corporal complexa e supõe a existência de uma função simbólica e de um centro nervoso geneticamente especializado.
(Dicionário de Linguística)



A Linguagem, por ser a capacidade exclusivamente humana de se comunicar, difere da comunicação entre animais. Isso acontece porque já nascemos predispostos àfala, temos em nós o aparelho fonador que nos capacita a isso.

LINGUAGEM: é um sistema de signos, socializado; é um conjunto cujos elementos se determinam em suas relações. É uma faculdade mental que permite exercitar a comunicação.

Por que “socializado”? O que significa essa palavra?
LÍNGUA é um fenômeno da linguagem. É “um conjunto de conversões necessárias, adotadas pelo corpo social,para permitir o exercício da linguagem”. É o “produto social da faculdade da linguagem”.


A língua é “uma instituição social, ela é parte social e não premeditada da linguagem; o indivíduo, por si só, não pode nem criá-la nem modificá-la, trata-se essencialmente de um contrato coletivo ao qual temos que nos submeter em bloco se quisermos comunicar”. (Roland Barthes)

Sistema derepresentação constituído por palavras e por regras que as combinam em frases que os indivíduos de uma comunidade linguística usam como principal meio de comunicação e de expressão, falado ou escrito.
(http://houaiss.uol.com.br)

A LÍNGUA varia de acordo com a região em que é falada. São os dialetos regionais ou geográficos.

A língua também varia de acordo com o contexto de comunicação, já quenão falamos sempre do mesmo modo, mas é preciso distinguir informalidade de linguagem vulgar ou popular.

A linguagem escrita é, portanto, carregada de intencionalidade. É a consciência e a intenção que orientam a escrita.

A LÍNGUA varia de acordo com a região em que é falada. São os dialetos regionais ou geográficos.

Dialeto, do grego “dialektos”, é uma forma de língua que tem seupróprio sistema léxico, sintático e fonético, e é usado num ambiente mais restrito que a própria língua.

Regionalismos são formas peculiar do falar de indivíduos de qualquer região, (baiano, carioca, gaúcho ou paulista).

FUNÇÕES DE LINGUAGEM

Assim, é correto afirmar que existe uma relação entre a linguagem, suas funções e o contexto em que se realiza: o objetivo, o veículo, o público alvoe a situação social.

A mensagem tem funções que dependem: do emissor, do destinatário, do assunto, do canal por meio do qual ocorre o contato, do código e da mensagem.



Situações de uso de linguagem

Casa, trabalho, espaços religiosos (igreja, templo, sinagogas etc), espaços sociais de lazer (festas, clubes, bares etc). Em qual desses espaços vamos utilizar a língua padrão,formal?

Língua formal X informal
As várias situações representam os níveis de linguagem.

ESCRITA versus FALA

O que passou foi a escrita. A escrita o que é?
Um poder, fruto provável de uma longa iniciação,que desfaz a imobilidade estéril do imaginário e dá a sua aventura uma generalidade simbólica.
Barthes, R. "Malogramos sempre ao falar do que amamos”. In: O rumor da língua. Trad.Mário Laranjeira. São Paulo: Martins Fontes) , 1984.

Duas modalidades de uso da linguagem. Mas, quais as características de cada uma dessas modalidades? São a mesma coisa? Eu posso falar como escrevo?

A comunicação escrita dirige-se a um interlocutor ausente, que muito poucas vezes tem em mente o mesmo assunto que o escritor. Portanto, deve ser muito mais desenvolvida: a diferenciação...
tracking img