Analise sobre trabalho informal

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (265 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A informalidade no Brasil tem sido tratado como algo naturalizado. O discurso vem sendo que o individuo deve trabalhar, mas não tem explicado que é necessário um emprego formal,regularizado, no qual terá todos seus direitos garantidos.
Contudo a dificuldade de se conseguir um emprego formal está cada vez mais difícil. O mercado de trabalho exigequalificações no qual o individuo que se candidata a determinada vaga não está preparado, com isso o exercito de reserva vai se acumulando e vagas de emprego vão sobrando.
Diante dodesemprego o individuo não vê alternativa a não ser o mercado informal. Vendendo doces nos sinais, montando barracas em feiras - seja vendendo alimentos ou produtos importados-montando pequenas lojas em “camelôs”, assim vão se tornando pequenos empresários no mercado informal.
A informalidade que estásendo difundida se pauta principalmente no discurso da autonomia, da independência, da transformação de trabalhador em empresário. Com isso, se atribui à pequena empresa umarelevância que induz os trabalhadores a acreditarem que esta pode lhes assegurar mecanismos de proteção social, qualificação e renda. (LIRA, 2008, p.139)
Toda via a informalidade cada vezmais crescente no país, tem preocupado devido à falta de garantia de direitos trabalhistas e previdenciários no qual o mercado formal proporciona.
O individuo que trabalha nomercado informal e não contribui de forma autônoma à Previdência Social, não terá sua aposentadoria garantida, assim como licença maternidade, entre tantos benefícios.
Porém comonos mostra o documentário “Trabalho Informal”, a regularização no mercado formal é de extrema burocracia, além de oneroso, fazendo com que o trabalhador desista de se formalizar.
tracking img