Analise critica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1253 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 31 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
análise critica

Conforme o texto em análise a expansão urbana e a necessidade por novos espaços corroboraram para a construção do bairro da Cohab, no período do governo militar, como uma proposta de moradia mais barata para os menos favorecidos, as chamadas unidades residenciais (URs). Verificamos que fica bem caracterizada as nuances que levam a Vulnerabilidade socioambiental, dondepercebe-se que, realmente com a ocupação das encostas dos morros na Cohab constituída por invasões e por assentamentos irregulares – que atingem o nível percentual de , 77,9% de sua área, e que vem expandindo-se de forma desorganizada e constante, surgem as áreas pobres LAGOA ENCANTADA E MONTE VERDE, com uma massa de populacional vulnerável socialmente

Todos os anos é a mesma coisa na época daschuvas de verão. As regiões de morros do Grande Recife enfrentam as enchentes que desabrigam milhares de pessoas, além de ferir e até matar outras tantas, e quase sempre os maiores prejudicados são as pessoas pobres da periferia que não possuem condições seguras e ideais de moradia, estando a mercê das precárias condições urbanísticas da cidade.

O material ora em estudo nos leva a reflexão em tornoda noção de vulnerabilidade socioambiental, resultante da incapacidade da população vulnerável de se aproveitar da estrutura de oportunidades que possam ser oferecidas na cidade, construindo suas moradias em áreas de risco. Segundo o texto “... O processo intenso de ocupação irregular sofrido pelo bairro da Cohab marcou os processos de fragilização dos morros do bairro, provocando sériasconseqüências sociais e ambientais, como erosão das encostas, perdas de bens materiais (residências, móveis, entre outros) e humanas, devido a freqüência dos eventos de deslizamentos de terra no bairro... “,o que apenas acrescentamos a omissão dos órgãos governamentais desde a época do lançamentos das Unidades Residencias, pois conforme está bem caracterizado no material estudado em face do relevopredominantemente acidentado, a população tem que enfrentar situações de riscos de deslizamentos de terra, e o binômio da problemática física e social resulta, em preocupantes riscos ambientais nesses espaços habitados que, pelas suas características naturais, podem assumir configurações danosas ao meio ambiente e à população.

O trabalho mostrou a atualidade de se usar os dados socioeconômicos paraapontar como as características da população afeta na criação e/ou ampliação de riscos ambientais e na apreensão que se tem dos mesmos, todavia não se pode criar um padrão social para áreas de riscos , pois o que vimos em Angra dos Reis foi exatamente a existência de moradias de altíssimo nível em área genuninamente de Risco de deslizamentos.

Concordamos com a acertiva contida no texto: “... aocupação das áreas pobres de Lagoa Encantada e Monte Verde acontece num contexto caracterizado pela intervenção intensa e inadequada dessas áreas, onde a posse da terra se dá em razão da sobrevivência e da necessidade de manutenção da estrutura familiar ...”.
As noções de risco e perigo receberam maior ênfase, na década de 1980, a partir da
ampliação dos movimentos ecologistas, os estudos dosriscos naturais, sociais, industriais e tecnológicos, estão atrelados à temática ambiental que vigora, atualmente, na Secretaria Nacional de Defesa Civil, passando a ser preocupação de todos governantes, acadêmicos, doutores, técnicos e da sociedade civil.

As considerações sobre os riscos e perigos de origem antrópica e, conseqüentemente, a criação de novos modelos para estimar os reais riscos eperigos no espaço,o risco ambiental está associado aos riscos naturais, mas ainda aos riscos resultantes de processos naturais agravados pelas atividades humanas e/ou de gestão e planejamento (VEYRET, et. al., 2003).

A problemática dos riscos ambientais tem uma ligação com a forma como as sociedades ocupam e usam o território ou como as populações se distribuem por este espaço.

O risco...
tracking img