Amor e filisofia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (374 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Filosofia Elementar
Amor alienado
Título: Amor e a filosofia.
Tema: Amor alienado.
Objetivo:Diferenciar o amor da paixão justificativa.
Introdução
O amor alienado e aquele que pode ser chamadode paixão,um sentimento humano que ganha vida próprio e se destaca,tornando-se estranho,hostil
Desenvolvimento
O que muitas vezes se chama de “amor” nada mais é,com freqüência,do que essefenômeno idolátrico de alienação,(...) A pessoa “amante”,nesse tipo de relação de submissão,projeta todo o seu amor,seu vigor e seu pensamento na outra pessoa,e se sente a pessoa amada como um sersuperior,achando satisfação na adoração e submissão completa.
O amor seria uma alienação? Mas não todo amo.O amor que reconhecer o interessante paradoxo do alto de amor,é um amor sadio,Tal paradoxo é oseguinte: é que duas pessoas se reúnem em uma e,ainda assim,continuam sendo duas distintas com suas particularidades e peculiaridades ,para ser dois é preciso antes ser um.O amor mais intenso e perfeitoserá aquele no qual ocorra a perfeita conformidade de duas individualidades eu não posso amar o outro mais do que a mim,isto porque foi a partir de mim que o outro passou a ser amado.
Temos medode nós e criamos uma amor e a ele nos entregamos.deixamos de nos amar,O amor para amar o outro e deixamos de nos amar para querer ser amado pelo outro,O amor assim é um ato egoísta.
Consideraçõesfinais
Enquanto não atravessamos a dor de nossa própria solidão, continuaremos a nos buscar em outras metades.Como disse Nietzsche,Não quero ninguém maior do que a mim,quero igual;e,ao que tudo indico,eu achei um amor sadio.

Justificativa:
Visando diferenciar o amor sadio daquele amordoentio que chegamos a nos anular em favor de um outro ser, esse trabalho tem a finalidade de resgatar a auto-estima em busca de um amor equilibrado.
Referencias:
MATURANA, H. Emoções e...
tracking img