Almoxarifado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4919 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 3 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
 ALMOXARIFADO | |
 
 
Considerações Gerais
Administrar um almoxarifado de matérias-primas e produtos acabado  não é como estocar
alimentos – apesar da importância das duas atividades para a saúde  humana. O alimento
estragado, na maioria das vezes, é facilmente identificável. No caso dos  matérias-primas
 e produtos acabado a realidade  é outra:  se  eles   tem  o  seu  estado normal  alterado,
tornam-se inativos  ou  nocivos  à  saúde  e,  o  que  é  pior, são de difícil reconhecimento.
Somente esse exemplo já serve para ilustrar a responsabilidade que representa o manuseio
 de matérias-primas e produtos acabado, que pode significar  a diferença entre a saúde e a
doença e, em casos extremos, entre a vida e a morte.
Mesmo um breve tratamento incorreto podetorná-los ineficazes, o que traduz a importância
 do trabalho de todas as pessoas envolvidas em sua manipulação.
Para prestar informações úteis aos profissionais que atuam nessa área de elevada importância
 para a sociedade, foi está editando as “BOAS PRÁTICAS PARA ARMAZENAGEM DE MATÉRIAS-
PRIMAS E PRODUTOS ACABADOS.”
Com a presente  publicação,  esperamos  contribuir  para  o  aperfeiçoamento da  prática de
armazenagem de matérias-primas e produtos acabado; sugerindo sua leitura  para  todos os
profissionais que atuam nessa área, desde o farmacêutico até o pessoal de apoio. Esperamos,
ainda, o retorno de informações que auxiliem na elaboração das futuras edições desse trabalho,
 no sentido de empreendermos um esforço conjunto para a redução das perdas de matérias-
primas eprodutos acabado, fato merecedor da nossa maior atenção, principalmente em uma
área carente de recursos como é a da saúde.

 
1. Qualificação e responsabilidade do pessoal 2. Edifícios e instalações 3. Lixo 4. Lavatórios e instalações sanitárias 5. Higiene Geral 6. Alimentação 7. Uniformes 8. Higiene Pessoal | 9. Limpeza dos locais 10. Equipamentos 11. Segurança 12. Recebimento dematérias-primas e produtos acabados 13. Estocagem. Considerações Gerais 14. De termolábeis 15. De medicamentos controlados 16. De imunobiológicos 17. Distribuição |

 
Termos usados:
 
Embalagem – Invólucro, recipiente ou qualquer forma de acondicionamento, removível
ou não, destinado a cobrir, empacotar, envasar, proteger ou manter especificamente ou
não os produtos.
Estocagem – Conservaçãoracional e segura de matérias-primas e produtos acabado.
Inspeção de qualidade – Conjunto de medidas destinadas a garantir, a qualquer momento,
durante o processo de recebimento, estocagem e distribuição, as características originais
do produto.
Medicamento – É toda substância ou associação de substâncias utilizadas para modificar
ou explorar sistemas fisiológicos ou estado patológico,para o benefício do receptor.
Partida ou lote – Quantidade de um medicamento ou produto que se produz em um ciclo de
fabricação, cuja característica essencial é a homogeneidade.
Número do lote – Designação impressa no rótulo e na embalagem de medicamentos, que
permita identificar a partida, série ou lote a que pertencem, para em caso de necessidades,
localizar e rever todas as operaçõesde fabricação e inspeção praticadas durante a produção.
Quarentena – Período de tempo, durante o qual as matérias-primas e produtos acabado são
retidos com proibição de seu emprego. (ver estabilidade)
Rótulo – Identificação impressa ou litografada, bem como dizeres pintados ou gravados a
fogo, pressão, ou decalco, aplicada diretamente sobre recipiente, vasilhames, invólucros,
envoltóriosou qualquer outro protetor de embalagem.
AMP – Almoxarifado de Matérias-Primas, 
AME – Almoxarifado de Material de Embalagem, 
DML – Depósito de Material de Limpeza e 
APA – Almoxarifado de Produtos Acabados.
1. Qualificação e responsabilidade do pessoal
1.1 - O pessoal envolvido na estocagem de matérias-primas e produtos acabado, tanto no
seu manuseio, como no seu controle, deve...
tracking img