Afetividade como fator essencial ensino aprendizado

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3625 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 16 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
A AFETIVIDADE COMO FATOR ESSENCIAL NO PROCESSO ENSINO APRENDIZADO

Artigo Cientifico apresentado a FASE-Instituto Superior de Afonso como requisito para obtenção do título de Licenciatura em Pedagogia dos aluna Alessandra SallesBengaly

RESUMO
O presente artigo constitui num trabalho de conclusão de curso, realizado pelos autores com a finalidade de fazer algumas indagações e considerações de questões que emergiram durante a realização do Curso de Pedagogia, e tem por finalidade discutir a importância do amor na práxis pedagógica, além de reconhecer relações interpessoais que ocorrem na classe (professor x alunos) eo papel da família no processo ensino-aprendizagem de seus filhos. A metodologia utilizada para realização desta pesquisa baseou-se numa revisão de literatura feita através de teóricos que tratam do tema como Campos, Chalita, Kramer, La Taille, dentre outros. Discute-se ainda acerca da importância do afeio e como este pode contribuir significativamente para a aprendizagem do aluno. Os reflexos deuma práxis baseada no amor para a escola. Trata ainda da relevância da relação entre escola e família para melhoria do processo de ensino-aprendizagem e, conseqüentemente, do desenvolvimento na sua totalidade do aluno: ator principal desse cenário.
PALAVRAS-CHAVE:Afeto.Ato pegagógico.Ensino-aprendizado.
ABSTRACT




02
1 INTRODUÇÃO
As relaçõesafetivas são essenciais no desenvolvimento do ser humano, e estas devem ser cultivadas, especialmente, nas instituições que trabalham com educação infantil, haja vista que a escola que cultiva tal relação tem fortalecido a sua autonomia. Neste contexto, o educador exerce o papel de mediador e incentivador,além de propiciar uma recepção afetiva dessas crianças, ao mesmo tempo em que desenvolveatividades diferenciadas que promovam a aprendizagem do aluno.
O desenvolvimento destas e de demais aptidões, dar-se-ão com a eficiência da aplicação da prática. Certamente uma prática pedagógica fundamentada na afetividade possui maiores condições de atender aos objetivos educacionais, que cabe a instituição de educação infantil, que uma prática que ignora tal critério. Para tanto, o que questionoé: Em que medida o sentimento de perda altera o comportamento de crianças de O a 6 anos?
Portanto, ao se responder á questão: "em que medida o sentimento de perda altera o comportamento de crianças de O a 6 anos?", com isso fica clara a importância da afetividade no desenvolvimento do indivíduo e demonstrar como incluí-lo na prática pedagógica de maneira eficiente.
Apesar de toda literatura queaborda a questão, através desta pesquisa tenho a intenção de criar contribuições, não só para os educadores da área, mas ás instituições de educação infantil, assim como os docentes que procuram a formação da área da Pedagogia. Ressalte-se ainda, que é extremamente importante levar ao conhecimento dos pais a importância da afetividade na formação da criança, fazendo com que os mesmos contribuampara tal formação.
A afetividade é um domínio funcional, cujo desenvolvimento é dependente da ação de dois fatores: o orgânico e o social. A afetividade assim como a inteligência, não aparece pronta nem permanece imutável. Ambas evoluem ao longo do desenvolvimento; são construídas e se modificam de um período a outro, pois, à medida que o indivíduo se desenvolve, as necessidades afetivas se tornamcognitivas.
A afetividade significa um (...) conjunto de fenómenos psíquicos que se manifestam sob forma de emoções, sentimentos e paixão, acompanhados sempre da impressão de dor ou prazer, de satisfação ou insatisfação, de agrado ou desagrado, de alegria ou tristeza (FERREIRA, 1986, p. 55).

2. O QUE É AFETIVIDADE?
A afetividade é fundamental nas relações humanas. "É preciso dar condições...
tracking img