Adolescente infrator e liberdade assistida em são mateus tema: liberdade assistida

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2615 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]



SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
SERVIÇO SOCIAL

KARLA ROBERTA DE FREITAS SALVINO













ADOLESCENTE infrator E LIBERDADE ASSISTIDA EM SÃO MATEUS


TEMA: LIBERDADE ASSISTIDA
















São Mateus
2008


KARLA ROBERTA DE FREITAS SALVINO
















ADOLESCENTE infrator E LIBERDADE ASSISTIDA EM SÃO MATEUSTEMA: LIBERDADE ASSISTIDA










Trabalho apresentado ao Curso Bacharel em Serviço Social da UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina PESQUISA SOCIAL.


Orientador: Prof. FRANCIELLE TOSCAN BOGADO.











São Mateus
2008sumário

1- DELIMITAÇÃO DO PROBLEMA........................................................... 3


2- OBJETIVOS.... ....................................................................................... 3
2.1- Objetivo Geral........................................................................................3
2.2 -ObjetivoEspecífico................................................................................3


3- JUSTIFICATIVA............................................................. ........................ 3
3.1- Prolblematização................................................................................... 6

4 - FUNDAMENTAÇÃOTEÓRICA..............................................................7


5 - METODOLOGIA ..................................................................................10


6 - REFERÊNCIAS.....................................................................................11









1- DELIMITAÇÃO DO PROBLEMA

O adolescente infrator tem sido reintegrado a sociedade e família através da penalidade assistida em SãoMateus; será que é apenas ilusório; tem surgido efeito; o índice de criminalidade de menores infratores tem diminuído?


2 – OBJETIVOS


2.1 – OBJETIVO GERAL

Conscientizar a população, os poluciais e os profissionais envolvidos, que essa liberdade assistida realmente tem que ser cumprida de uma forma profissional e racional, cuidando e reintegrando não apenas o menorinfrator, mas estudando e pesquisando a família, o meio social, para assim poder torna-lo um cidadão honrado.


2.2 - OBJETIVOS ESPECÍFICOS


1. Fazer um trabalho serio e competente para analizar e mudar adolescente infratore seu convívio.
2. Pesquisar e trabalhar com a família para saber realmente o que acontece dentro do lar adolescente infrator.
3. Interagir a família e oadolescente infrator em trabalhos profissonalizantes, e tratamentos específicos para cada caso.
4. Criar realmente local onde a penalidade possa ser aplicada e alcaçar os verdadeiros objetivos.

3 – JUSTIFICATIVA


No Município de São Mateus de 1993 até 2007 a população dobrou, mas os governantes não fizeram nada para que a cidade progredisse junto com a quantidade de população.Com isso aumentou o desemprego, a prostituição, os estrupros, os assassinatos, e tambem aumentou e muito o número de menores infratores.
Pobreza como expressão do acesso às vantagens sociais.Volpi (1997, p.163):
A Declaração Universal dos Direitos da criança e do Adolescente é de 1959. Através dela as Nações Unidas se dispuseram a mudaro rumo da história do Século XX, dando prioridade com os cuidados com a infância. Cada país deveria aperfeiçoar suas relações sociais para o adequado atendimento das necessidades básicas dos seus cidadãos nos primeiros anos de vida.




Para entendermos o que é, e como é aplicado uma das penalidades implicadas a menores infratores, nesse caso liberdade assistida, da qual irei...
tracking img