Acesso venoso centrais

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 32 (7963 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

RBTI / ARTIGO REVISÃO

Acessos Venosos Centrais e Arteriais Periféricos – Aspectos Técnicos e Práticos
Central venous and peripheral artery catheterizations – technical and practical aspects.Sebastião Araújo (*)

ABSTRACT Central venous and peripheral artery catheterizations are routinely performed in intensive care units. Although very useful for hemodynamic monitoring and therapeutic management of critical care patients, these invasive procedures carry a high risk of complications, some of them potentially fatal. The operator’s knowledge of anatomical landmarks and a straightobedience to the technical steps described for percutaneous intravascular access are decisively important for the avoidance or minimization of such complications. In this special issue, technical and practical aspects of central venous and peripheral artery catheterizations are reviewed. Key words: central venous catheterization; peripheral artery catheterization; critically ill patients; monitoring.ASPECTOS HISTÓRICOS O primeiro relato de que se tem notícia na literatura médica sobre a cateterização intravascular data de 1733, quando o reverendo Stephen Hales1 realizou a medida direta das pressões arterial e venosa em animais, utilizando cânulas de latão, antes, durante e após a indução de choque hemorrágico. Em seres humanos, atribui-se a Faivre 2 , em 1856, a primeira mensuração diretada pressão arterial, canulando a artéria de um membro amputado. Na seqüência histórica relacionada à mensuração de parâmetros fisiológicos cardiovasculares, destaca-se a descrição da técnica de aferição indireta da pressão arterial sistêmica pelo método palpatório por Riva-Rocci3 em 1896, o desenvolvimento do eletrocardiógrafo por Einthoven4 em 1903, e a introdução na prática clínica da medida dapressão arterial (sistólica e diastólica) pelo método auscultatório por Korotkoff5 em 1905. Credita-se a Bleichroder 6, em 1905, as primeiras descrições de cateterizações venosa central e arterial em seres humanos, com finalidades de estudos fisiológicos e manuseio terapêutico, mas que foram publicadas apenas em 1912. Evolutivamente, par e passo com o desenvolvimento de cateteres plásticos e oaprimoramento dos equipamentos de radiologia, Forssmann7, em 1929, dá um

grande passo na área do acesso invasivo ao sistema cardiovascular, após realizar, em si próprio, com o auxílio de um assistente, a cateterização da circulação direita, após exposição cirúrgica de veia do braço. Estudos mais aprofundados na área de fisiologia cardiorrespiratória em seres humanos, ainda não à beira de leito,mas em laboratórios especializados, com a finalidade de estudos clínicos, hemodinâmicos e respiratórios, tomam grande impulso a partir dos trabalhos de Cournand & Ranges8, que descrevem, em 1941, uma metodologia para cateterização do átrio direito por punção percutânea de veias do braço. O vaso era puncionado com uma agulha de grosso calibre, por dentro da qual o cateter plástico era introduzido atéa circulação central. Meyers9, em 1945, populariza a cateterização venosa prolongada, utilizando cateteres plásticos de polietileno, mantidos em posição por até cinco dias, para a administração de penicilina e heparina. Em 1947 surgem os primeiros transdutores eletrônicos de pressão e, em 1949, Peterson et al.10 descrevem uma metodologia para a obtenção de um registro visível e permanente dascurvas pressóricas. A partir da década de 1950, como resultado dos altos investimentos de recursos financeiros e humanos nas pesquisas aeroespaciais, inicia-se o desenvolvimento e emprego de circuitos miniaturizados, permitindo que os osciloscópios e outros equipamentos eletrônicos fos-

(*) Professor Assistente Doutor do Departamento de Cirurgia da Faculdade de Ciências Médicas (FCM) da...
tracking img