Abuso sexual infantil

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2932 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
ADMINISTRAÇÃO GERAL



ANA PATRICIA RIBEIRO BRBOSA
RODRIGO SILVA ANDRADE




ABUSO SEXUAL INFANTIL

Salvador
2012

ANA PATRICIA RIBEIROBARBOSA
RODRIGO SILVA ANDRADE

PROJETO

A SOBREVIVENCIA DO SER HUMANO NO PLANETA DEPENDE DE
PEQUENAS AÇOES DE NÓS MESMO

ABUSO SEXUAL INFANTIL

Projeto de pesquisaapresentado como parte dos requisitos de avaliação da disciplina Metodologia da Pesquisa do curso de Administração Geral do Centro Universitário Jorge Amado.

Professor (a): Joilma Almeida - Analista Pedagógica NUTEAD



Salvador2012

1. Tema

Abuso sexual infantil

O abuso infantil ou maltrato infantil é um abuso físico ou psicológico de uma criança por parte dos pais, seja biológico ou adotivo por outro adulto que possui a guarda da criança, ou mesmo por outro adulto próximo à criança.
O abuso infantil envolve a imperícia, imprudência ou a negligência (estes elementosconstituem a definição legal de "culpa") ou um ato praticado com dolo por parte do adulto contra o bem-estar ou a saúde da criança, como alimentação ou abrigo. Também comumente envolve agressões psicológicas como xingamentos ou palavras que causam danos psicológicos à criança, e/ou agressões de caráter físico como espancamento, queimaduras ou abuso sexual que também causam danos, psicológicosinclusive. Segundo Azevedo & Guerra (2007), configura-se a violência sexual doméstica como todo ato ou jogo sexual, relação hetero ou homossexual, entre um ou mais adultos e uma criança ou adolescente, tendo por finalidade estimular sexualmente esta criança ou adolescente, ou utilizá-la para obter uma estimulação sexual sobre sua pessoa ou de outra pessoa. Ressalte-se que em ocorrências desse tipo,a criança é sempre vítima e não poderá ser transformada em ré. A intenção do processo de Violência Sexual é sempre o prazer (direto ou indireto) do adulto, sendo que o mecanismo que possibilita a participação da criança é a coerção exercida pelo adulto, coerção esta que tem raízes no padrão adulto cítrico de relações adulta-criança vigente em nossa sociedade.

A exploração sexual infantil é amais desleal, pois não estamos falando de seres humanos maduros, estamos tratando de crianças e adolescentes com o mínimo de conhecimento tanto sobre sexo quanto sobre vida. Mas qual a solução para o problema? Talvez políticas socio-educativas, talvez mais empregos, talvez buscar uma resposta dentro da nossa própria história.

Dois milhões de crianças são vítimas de abuso e exploração sexualna América Latina e Caribe, segundo dados do Fundo das Nações Unidas para a Infânica (Unicef) e divulgada durante o III Congresso Mundial de Enfrentamento da Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, que aconteceu no Rio de Janeiro no fim de novembro.
Segundo Nils Kastberg, diretor regional da entidade, a propagação desses crimes tem aumentado em vários países através da internet e a falta deinformações específicas sobre o tema que só aumentam a vulnerabilidade em torno desses meninos e meninas

Apesar dos avanços registrados ao longo dos últimos anos por governos, ONGs e sociedade civil, as evidências indicam que esse crime está se alastrando por todo o mundo. A falta de informação sobre a situação, que afeta milhões de crianças e adolescentes, é um outro agravante pois somente...
tracking img