O Corpo na Visão Paulina

Páginas: 9 (2239 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
FACULDADE DE TEOLOGIA DA IGREJA METODISTA

CURSO TEOLÓGICO PASTORAL













ANTROPOLOGIA PAULINA
O Conceito de Corpo






Trabalho apresentado pela aluna Maria de Fátima de Oliveira Souza David para conclusão da disciplina Teologia do Novo Testamento ao professor Paulo Roberto Garcia.














São Paulo
Agosto/2004








SUMÁRIOI - INTRODUÇÃO
3
II – O CORPO: CÁRCERE DO ESPÍRITO?
5
III – SOMA E SARX
6
IV - CONCLUSÃO
8
V – REFERENCIAS BIBLIOGRÁFICAS
10





















I - INTRODUÇÃO



“Pela continência adquirireis um grande estoque de santidade; economizando na carne, sereis capazes de investir no Espírito”1.
Tertuliano

Tertuliano, um dos primeiros teólogos da igreja cristã,expressou pensamentos que fecundaram a visão da igreja sobre a sexualidade e o corpo nos séculos seguintes e ainda hoje.

Segundo Brown, a insistência de Tertuliano no controle do corpo não foi por ser dualista, já que era um estóico, mas sim “por ele acreditar que era diretamente através do corpo e de suas sensações que a alma ajustava à suprema intensidade exigida para que vibrasse o Espíritode Deus”2. Tertualiano via a alma como “um corpo sutil e invisível, mas concreto e depositado no molde do corpo externo”3. Esta visão do corpo leva-o a enfatizar a abstinência de forma rigorosa, vendo as mulheres sempre como sedutoras, capazes de levar o homem a pensamentos de luxurias e concupiscências, impedindo-a assim de receber visões proféticas.

O corpo é um modelo em miniatura dasociedade. Nas instituições totais, que Goffman define como "um local de residência e trabalho onde um grande número de indivíduos com situação semelhante, separados da sociedade mais ampla por considerável período de tempo, levam uma vida fechada e formalmente administrada"4, é necessário docilizar o corpo. Para isso usa-se a usa-se o que Foucault chamou de “bom adestramento” e Goffman de“mortificação/mutilação do eu”: obrigar o indivíduo a manter o corpo em posições humilhantes, a dar respostas também humilhantes, como o uso constante do “senhor” e exposição contaminadora. Exemplos desta exposição são: sinal de identificação étnica, uso de banheiros e chuveiros coletivos, alimento sujo, uso forçado de medicamentos orais ou intravenosos, perseguição sexual, contato com companheiros indesejáveis,correspondência violada e censurada e caráter obrigatoriamente público das visitas. Como disse Michel Foucault: “Um corpo disciplinado é a base de um gesto eficiente”5.

É inegável que a importância histórica da visão cristã sobre o corpo humano. Mas o que nos interessa neste trabalho é o conceito paulino de “corpo”. Houve influência da visão paulina na interpretação posterior do paisapostólicos? E hoje, qual a contribuição que podemos oferecer em uma sociedade que enxerga o corpo de forma idolátrica, outras vezes a serviço da opressão, principalmente em relação ao corpo da mulher. E este poder sobre o corpo irá aparecer nos casos como violência e abuso sexual, pedofilia, etc.


























II – O “CORPO”: CÁRCERE DO ESPÍRITO?



O mundo antigoestava cheio de horror e ojeriza ao corpo. Quase todas as culturas o desprezaram, tratando-o como uma prisão. Para os filósofos gregos por desconhecem as relações entre o corpo e o intelecto, privilegiavam este em detrimento do primeiro. Uma das causas, segundo Comblin6, refletia-se neste desprezo o fato da sociedade estar baseada no sistema escravocrata, ou seja, trabalho com o corpo era trabalhoescravo.

O pensamento grego afirmava que a alma contaminava o corpo: “O pensamento platônico considerava o corpo como um impedimento supremo à sabedoria e à verdade”7

O mundo bíblico o ser humano é um só, não existem partes distintas. As referências a “carne” não se referem ao corpo, mas sim a fraqueza humana, sua mortalidade e tendência ao pecado. No mundo grego, o corpo isola e...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • VISAO DO CORPO NO RENASCIMENTO
  • Resumo: "visão lúdica do corpo"
  • O CORPO E SUA VISÃO FILOSÓFICA
  • OS CORPOS DÓCEIS E UMA NOVA VISÃO DO PRÓPRIO CORPO
  • Anatomia: VISÃO GERAL DO CORPO HUMANO
  • A visão da ditadura militar em o Corpo de Clarice Lispector.
  • Compreendendo a busca pelo corpo ideal na visão da Gestalt-terapia
  • Conjuntura dos rios urbanos no Brasil: uma visão dos corpos hídricos da RMRJ

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!