A crise do liberalismo

Páginas: 5 (1201 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
A crise do liberalismo
Os loucos anos 1920
Nos Estados Unidos, a década de 1920 foi marcada por profundos contrastes e foi denominada por alguns atores de “os loucos anos 20”. O país desenvolveu-se economicamente em meio à miséria de parcelas da sociedade. Por um lado, havia liberdade econômica, por outro, havia restrições aos trabalhadores, aos negros e aos imigrantes.
O progresso econômicoe o controle da inflação criaram novos valores na classe média, ancorados na cultura do consumismo. Os avanços tecnológicos produziram novos sonhos, como carros, rádios, e geladeiras. Criou-se um estilo de vida, o american way of life.
A liberdade e o prestígio foram relacionados à possibilidade de consumir mais, principalmente objetos de luxo.
O início do século XX foi marcado pelo crescimentoindustrial e pela expansão demográfica.
A economia norte-americana foi beneficiada pela Guerra, por meio de empréstimos concedidos aos países da Europa. No final do conflito, os Estados Unidos eram grandes credores de europeus.
O crescimento industrial adivinha também de novas técnicas e princípios que aumentavam a produção, como o taylorismo e o fordismo.
O capital financeiro, centralizado emNova York, foi fundamental para o financiamento desse crescimento econômico.
O crescimento da economia levou a uma percepção de que o progresso poderia ser compartilhado, mas a capacidade de consumo não era estendida a todos os grupos sociais.
O operariado era submetido a salários baixos e não tinha muitos direitos, prevendo uma jornada de trabalho de dez horas diárias. Mulheres e criançasempregadas ganhavam ainda menos. Era essa política de salários depreciados e de controle do movimento operário que potencializava o lucro e a expansão econômica dos EUA.
Os negros não podiam utilizar os mesmos equipamentos urbanos dos brancos, como ônibus ou bebedouros. Quando protestavam eram muitas vezes mortos. Os imigrantes também sofriam preconceitos.
O partido Socialista da América tambémprocurou organizar o movimento operário, com uma proposta marxista de ação proletária.
O movimento feminista articulou-se na luta pelo voto das mulheres. Ocorreram diversos protestos pela igualdade de direitos entre os gêneros.
A extrema desigualdade levou muitos escritores, intelectuais e artistas a criticar a situação social. Nessa efervescência cultural, uma manifestação revolucionou a música e acultura do século XX: o jazz.
Inicialmente, o jazz foi marginalizado fora da comunidade de afro-americana.

A crise de 1929
Como a expansão do mercado interno era limitada pela pobreza de uma parcela da população, o crescimento da economia não se sustentou. O aumento da produção não foi acompanhado pelo aumento do consumo, criando estoques e derrubando preços.
A crise de superprodução tambématingiu a agricultura, por causa das melhorias técnicas e do controle fundiário concentrado em grandes empresas. O resultado foi a demissão em massa de trabalhadores.
A especulação financeira alastrou-se por ambas as camadas sociais, pois as ações eram um investimento de risco com retorno rápido e muito lucrativo. Os valores recomendados pelo liberalismo econômico estavam entre as causas dacrise.
Rumores de que algumas empresas estavam em péssima situação financeira levaram muitas pessoas a vender suas ações. Porém, como não existiam compradores, as cotações dessas ações despencaram rapidamente.
O desemprego cresceu de forma drástica, diminuindo o consumo e afetando ainda mais a economia. Os estoques aumentaram e os preços industriais e agrícolas caíram. Essa situação de crise ficouconhecida como Grande Depressão.
A crise espalhou-se rapidamente. Os Estados Unidos diminuíram consideravelmente o volume de suas importações, o que afetou o comércio mundial.
Em 1933, Roosevelt lançou um conjunto abrangente de medidas econômicas conhecidas como New Deal (Novo Acordou). Essas medidas eram destinadas tanto às áreas rurais quanto às urbanas.
Foram organizadas agências para a...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • MERCOSUL, crise e o neo-liberalismo
  • liberalismo
  • Liberalismo
  • O liberalismo
  • Liberalismo
  • liberalismo
  • liberalismo
  • Liberalismo

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!