Reforma Protestantes e Contra reforma

Páginas: 11 (2636 palavras) Publicado: 6 de junho de 2015
Reforma Protestante e Contrarreforma Católica
O que os historiadores (e teólogos cristãos) chamam de Reforma Protestante é o grande movimento religioso ocorrido na Europa, no século XVI e que teve, em sua origem, além das questões religiosas, também outras de ordem política, econômica e cultural. Foi um movimento que abalou as estruturas da Igreja Católica, motivado por contestação à autoridadedo papa e às doutrinas e dogmas da igreja.
É importante destacar, ao falar do movimento reformista, não só a Reforma, propriamente dita, iniciada por Martinho Lutero, na Alemanha, em 1517, mas também o trabalho de outros líderes religiosos antes do século XVI, chamados de pré-reformadores.
Diante das mudanças de mentalidade religiosa e do movimento de contestação, a Igreja católica não ficoupassiva. Respondeu com a chamada Contrarreforma, movimento com o qual combateu os protestantes muitas vezes com repressão, e dando início a uma série de modificações em suas práticas, assim como no comportamento de seus membros, com o Concílio de Trento.
Questões que impulsionaram a Reforma1
As principais questões que motivaram a Reforma Protestante, foram, como já dissemos, as questões religiosa,política, econômica e cultural.
Questões religiosas:
- Medo do inferno e sentimento de culpa: a ideia de pecado levava as pessoas a buscarem o perdão e salvação por meio de orações, penitências, além de doações de bens e dinheiro à Igreja.
- Abusos dos clérigos: os papas e os bispos viviam no luxo. Nos mosteiros, os abades interessavam-se apenas por seus ganhos e negligenciavam as obrigaçõesreligiosas, trazendo escândalos e não atendendo a necessidade espiritual dos fiéis.

Questões econômicas:
- A riqueza da Igreja: esta possuía muita terra na Europa adquirida de doações de nobres e outros meios (compra, tributos, acordos etc), sendo conhecida, inclusive, como a “grande senhora feudal da Idade Média”.
- Condenação à usura: apesar de possuir muitas terras, a Igreja condenava asatividades burguesas, afirmando que aquela prática comercial “não era agradável a Deus”. Essa posição da Igreja conservava um pensamento tipicamente feudal, que desagradava aos burgueses, que passaram a apoiar a Reforma Protestante.
- Interesses nas terras da Igreja: além dos burgueses, nobres feudais, contrários à Igreja, tinham interesse em se apoderar de suas terras. As cobranças de impostos feitas pelopapa, por exemplo, empobreciam as regiões mais ao norte da Europa e enriqueciam a península Itálica, onde ficava a sede da Igreja. Os governantes da Europa do norte sentiam-se explorados, criando, assim, um clima de insatisfação geral, propício para movimentos de reforma.

Questões políticas:
- O poder do papa: além de chefe espiritual dos católicos, o papa interferia, constantemente, emassuntos políticos de várias regiões da Europa, provocando, assim confronto com os reis.
- O absolutismo monárquico: com a chamada “Teoria do direito divino dos reis” (Veja O Absolutismo na Europa), foi dispensada a ação intermediária do papa. Nesse sentido, os governantes passaram a ver nas ideias da Reforma o veículo adequado para abolir a influência de Roma e assumir também o comando da vidaespiritual de seus povos.

Questões culturais:
- O humanismo: para os renascentistas, o ser humano se configurava como o ponto central de suas preocupações. Esse pensamento, que se difundiu pela Europa, fez com que muitas das crenças católicas passassem a ser discutidas.
- Desenvolvimento da imprensa: o alemão Johannes Gutenberg foi o principal responsável pelo desenvolvimento da imprensa. Em 1455 foiimpressa a chamada “Bíblia de Gutenberg”, o primeiro livro a ser impresso. E a partir daí, não só a Bíblia, mas também outras literaturas religiosas passaram a ser impressas nas línguas regionais (não somente em latim e grego como eram até então), contribuindo para aumentar a difusão de ideias entre a população, fazendo com que muitas pessoas deixassem de aceitar passivamente a doutrina da...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Reforma Protestante e Contra reforma
  • Reforma protestante e a contra-reforma
  • A Reforma Protestante E A Contra Texto
  • rerforma protestante e contra reforma
  • Reforma protestante/contra reforma/luteranismo/calvinismo/anglicanismo
  • Reforma Protestante e Reforma Jesuítica
  • ERASMO E A REFORMA REFORMA PROTESTANTE
  • Reforma Protestante

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!