Psicologia Industrial

Páginas: 7 (1701 palavras) Publicado: 28 de outubro de 2013
Psicologia industrial
Tudo começou no inicio do século 20 e nos cenário norte americano. A revolução industrial está instaurada no pais, nesse período a revolução industrial e a escola clássica (taylorismo) é o modo de governança que entra em cena, com isso é obtido um aumento na produção através de técnicas que controlem o trabalho e a produção em massa.
A principio a psicologia procurava sedistanciar da filosofia, só que ela acaba por entrar no clube seleto das ciências humanas, que por sua vez possuía pilares e psicologias com diferenças individuais, o funcionalismo e o behaviorismo. Este nasceu como umas oposições aos estruturalistas que visava uma mudança radical desse projeto cientificam na área do saber.
A partir desses fatos, a Psicologia do Trabalho entra na sua primeiraface, que surge associado às necessidades das indústrias, usando alguns instrumentos proposto pelo taylorismo.
O primeiro livro da área escrito por Hugo Münsterberg, Psicologia e eficiência industrial, tem como principio o estudo da produtividade em função do esforço no cargo (output e imput). Se esse estudo estiver correto, não será difícil perceber como ela é moldada a linha de pensamentoclássico da administração mais especifica ao taylorismo.
A principio a chamada Psicologia Industrial resume em seleção de pessoas e a colocação profissional no mercado, o que resultou no surgimento de uma empresa americana chamada “Fsychology Corporation”, que era usada para desenvolver e distribuir testes psicológicos e realizar seviços de consultoria nas industrias e em outras organizações. Outraidéia que surgiu com o taylorismo e que foi adotado pela psicologia industrial é a “lei da fadiga”, que procurava achar o limite dos esforços para medir o índice de produção dos empregados.
Em 1976, Brown, enxergou mais duas praticas da psicologia industrial nos anos 20, uma delas é a orientação vocacional, baseada em testes e o outro é o estudo sobre as condições de trabalho, visando aumentar aprodutividade dos empregados.
Os estudos feitos por Hawthorne que se iniciaram em 1924, gerou uma reação para a escola clássica da administração, a idéia principal que veio a ser chamada de Relações Humanas era que os fatores humanos influenciavam na linha de produção da empresa. Os estudos apontavam que junto a organização formal, que era formada pelas técnicas taylorista, existia também umaorganização informal baseada na relação dos grupos de empregados e que teria grande capacidade de alterar os resultados da produção, alguns autores percebem essa escola como uma evolução da administração dos autores clássico, já para Seligmann, a psicologia industrial é como uma produção que veio parar preencher um espaço teórico da administração clássica, mas que não sugeriu mudança alguma nosprocessos de produção. Em outras palavras, as relações humanas surgiram de uma conexão taylorista e criticam a sua visão de homem, Mas se aderiram fácilmente por esse contexto e não trouxeram qualquer solução aos processos de produção.
Em pararalelo a escola de RH, a psicologia industrial desenvolveu novos estudos, esses que resultou na publicação de três livros sobre os temas: motivação,comunicação e comportamento de grupo, mas ao invés desse estudos modificarem a organização do trabalho, eles foram adotados com um propósito de melhorar o convívio entre os empregados. Segudo Siegel, durante a segunda guerra mundial foram desenvolvidos meios para colocação de pessoal, treinamento, classificação e avaliação de pessoas. Outra área desenvolvida pelos estudos e que se desenvolveu mais tarde é oque visava projetar e desenvolver as maquinas de acordo com a capacitação e limitação dos operadores humanos. Uma ligação entre essas atividades aproximam todas, mesmo que elas demonstrem diferenças em si
A psicologia industrial em si atua mais nos postos de trabalho e não se interliga com as estruturas das empresas, mais isso faz com que gere o surgimento de uma crise ampla no modelo de...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Psicologia industrial
  • Psicologia Industrial
  • Psicologia industrial
  • Psicologia Industrial
  • Psicologia Industrial Humo Munsterberg
  • Fichamento
  • PSICOLOGIA ORGANIZACIONAL (INDUSTRIAL) PSICODRAMA PSICOLOGIA CLÍNICA
  • Breve historia da psicologia industrial / organizacional

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!