Psicologia Humanista

Páginas: 10 (2324 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
Fenomenologia

A fenomenologia nasceu na Alemanha, a sociedade alemã , passava por um momento significativo de sua história, e mesmo que o período fosse de passagem do sistema feudal para o capitalista, na Alemanha a industrialização foi tardia ,a situação vivida pela então confederação germanica (atual Alemanha) era completamente avessa ao período vigente.
A unificação alemã foimuito complicada devido ao conflito com os autríacos , por volta de 1834 houve abolição da barreiras aduaneiras , e assim o capitalismo alemão começou a desenvolver-se, e a partir de 1871 Alemanha foi reorganizada em 25 estados federados que formavam um império, cada estado tinha autonomia mas o Reich era governado pelo imperador Bismarck.
A ação do estado visou recuperar o atraso dodesenvolviemento do capitalismo, nesse sentido, o crescimento industrial alemão foi acompanhado da extensa legislação trabalhista, e naquela época havia uma grande enfase no desenvolvimento do conhecimento científico como forma de se igualar ao desenvolvimento já alcançado pela Fraça e pela Inglaterra .
O principal pensador da Fenomenologia é Edmund Husserl (1859-1938), ele traça em sua obra umacrítica aos sistemas vigentes na época de obtenção de conhecimento, ele pretendia encontrar a fundamentação radical de todas as ciencias, o fundamento da filosofia .Seus primeiros trabalhos foram se deram em um momento de desmoronamento dos grandes sistemas filosóficos tradicionais.
A ciencia positivista ocupa as brechas deixadas pela filosofia especulativa e as ciencias experimentaisatingiram, na última metade do século XIX ,um apogeu que provocou um entusiasmo geral, atraindo a atenção para Psicologia Experimental. A fenomenologia vai além da mera descrição dos fenomenos psiquicos , ultrapassando , desta forma, a psicologia descritiva de bretano (ponto de vista empírico).


Em 1887, Husserl escreveu Filosofia da aritimética, em que pretendia justificar a psicologia comofundamento das ciencias experimentais e naturais, mas ao inciar essa justificativa percebe que uma ciencia experimental não poderia ser o fundamento de uma ciencia teórica, nem satisfazer as exigencias teóricas de uma fundamentação radical, então ele inicia uma crítica ao psicologismo.
Husserl afirma que são as ciencias empíricas e práticas que dependem das teóricas ou racionais, ele vai criticar onaturalismo, o historicismo, e também discutir a influencia de mentalidade objetivista sobre as ciencias como um todo afirmando que as ciencias , cuja preocupação são os fatos da natureza, não incluem a subjetividade em seus trabalhos com os corpos, dessa forma acabam focando os olhares em seus respectivos objetos e ignoram, consequentemente, uma provável influencia do cientista - sujeito sobre oobjeto.
Ao desenvolver sua proposta filosófica , a fenomenologia , Husserl irá partir do que ele considera limites impostos ao conhecimento nas propostas filosóficas de Descartes ,Kante e Hegel, a diaalética hegeliana , como lógica de pensamento será incorporada na Fenomenologia pelos seguidores de Husserl , que ampliarão suam proposta , Martin Heidegger (1889-1976), Ludwig Biswanger(1881-1996), Jean -Paul Satre (1908-1890), entre outros.
A Fenomenologia se propoe á descrição da estrutura dos fenomenos , sendo a maior preocupação de Husserl encontrar um método universal , que possa reger o pensamento de modo que se atinja o conhecimento universal e verdadeiro.Para tal , é necessário que se saiba como se conhece e que não seja ignorado tudo aquilo relacionado com o ato de conhecer, como por exemplo, a subjetividade do homens .
Durante sua fundamentação Husserl acaba definindo alguns conceitos, como por exemplo o de intuição que seria o preenchimento de uma intenção, e de evidencia , que seria a consciencia da intuição . Para ele o primeiro passo para obter a verdade é descobrir o fenomeno, com o objetivo de atingir a sua essencia , ''matéria'' da qual se constituem...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Psicologia humanista
  • psicologia humanista
  • Psicologia humanista
  • Psicologia humanista
  • Psicologia humanista
  • Psicologia Humanista
  • Psicologia humanista
  • Psicologia Humanista

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!