Psicologia Humanista

Páginas: 12 (2921 palavras) Publicado: 13 de maio de 2014
UNIVERSIDADE LUTERANA DO BRASIL- ULBRA TORRES
CURSO DE PSICOLOGIA
PSICOLOGIA DA PERSONALIDADE





PSICOLOGIA HUMANISTA












TORRES, NOVEMBRO DE 2013.
PSICOLOGIA HUMANISTA


A Psicologia Humanista surge no século XX, caracterizada como a "terceira força" na psicologia. Logo:
A denominação terceira força dada à Psicologia Humanista vem expressar o rompimentoque esta escola pretendia estabelecer em relação às duas grandes tendências da Psicologia dominantes até então: o Behaviorismo e a Psicanálise. ( ROSA; KAHHALE, 2002, P. 247).
Em 1961, um grupo de psicólogos fundaram a Associação de Psicologia Humanista. Com relação a abordagem, Cloninger (1999, p. 454) menciona que: "os humanistas descrevem um 'verdadeiro eu' que contém o potencial de crescimentoótimo."
Desta forma, a alienação do próprio eu ocasiona um adoecimento psicológico quando outras pessoas empoem o que devemos fazer.
Para Weiten ( 2002, p.361) "o humanismo é uma orientação teórica que enfatiza as qualidades únicas dos seres humanos, especialmente sua liberdade e seu potencial para crescimento pessoal".
Dentro da abordagem Humanista as concepções teóricas de Carl Rogers eAbraham Maslow ocupam o centro da movimentação humanista.
A teoria humanista recebe esse nome justamente pelo valor empregado à pessoa como ser humano. Enfatizando noções como as de livre arbítrio, responsabilidade e escolha.
É criticada, no entanto por se apoiar excessivamente nos processos cognitivos consciente, com relativo desprezo pelos aspectos do inconsciente do comportamento.


CarlRogers (1902-1987)
Carl Rogers nasceu em Oak Park, Ilinois, no dia 8 de janeiro de 1902. Criou-se numa fazenda, num lar cuja religião era rigorosamente fundamentalista.
Sua infância foi limitada pelas crenças e atitudes de seus pais e pela assimilação que ele próprio fez de suas idéias.
Quando criança relata que viveu seus anos de meninice isolado. Ele era socialmente incompetente emqualquer relação que não fosse superficial.
No seu segundo ano de faculdade, começou a estudar preparando-se para uma vida religiosa. No ano seguinte foi a China Ocidental para assistir a uma Confederação Mundial de Estudantes Cristãos, ali teve pela primeira vez contato com cursos de Psicologia, a partir dessa viagem resolveu abandonar seus estudos religiosos e tornar-se psicólogo clinico.
Após obtero Ph. D., em 1931, desta universidade, Rogers trabalhou numa clinica de aconselhamento em Rocherster durante nove anos. A nomeação de professor de psicologia no Ohio State University, em 1940, deu-lhe possibilidade para desenvolver suas idéias sobre aconselhamento em colaboração com inúmeros universitários graduados. De lá, transferiu-se para Chicago, onde realizou trabalhos importantesreferentes a psicoterapias com esquizofrênicos.
Teoria
Carl Rogers é conhecido por uma abordagem popular de psicoterapia denominada terapia centrada na pessoa ou terapia centrada no cliente. Rogers propôs que cada pessoa possui uma tendência inata para atualizar as capacidades e potencias do eu.
Ele não acreditava que as pessoas eram controladas por forças do inconsciente. Ele acreditava que apersonalidade era moldada pelo presente e pela maneira como percebemos o consciente e racionalmente seus pensamentos e comportamentos indesejáveis, tornando-os desejáveis
Ao contrario de Maslow, as visões de Rogers não foram formuladas em pessoas saudáveis, mais sim com indivíduos emocionalmente perturbados através de terapia centrada na pessoa.
Rogers estava impressionado com o que identificou comotendência inata da pessoa para o crescimento, maturidade, e mudanças positivas. Assim passou a acreditar na tendência de realização.
Esse método de psicoterapia presume que toda pessoa tem capacidade de mudar a pessoa para melhor.
A principal função do terapeuta é refletir de forma acurada as emoções do cliente, para que este possa reconhecer e compreender melhor seus próprios sentimentos. O...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Psicologia Humanista
  • Psicologia humanista
  • psicologia humanista
  • Psicologia humanista
  • Psicologia humanista
  • Psicologia humanista
  • Psicologia Humanista
  • Psicologia humanista

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!