Ponte Jk

Páginas: 5 (1094 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
Autor do Projeto: Arquiteto Alexandre Chan
Engenharia: Mário Vila Verde, Filemon B. de Barros e Piotr Slawinski.
Os arcos de sustentação da Ponte JK se encaixam diagonalmente nos pilares de sustentação produzindo esforços tridimensionais na fundação. O esforço horizontal foi o maior já encontrado em pontes pela engenharia humana, alcançando 3.500 toneladas-força. O cálculo da estruturametálica foi realizado na Dinamarca. Alguns pilares, como o P6 e o P7, têm cada um 24 pilares verticais e 66 inclinados, para combater este esforço horizontal.
As fundações tiveram que alcançar solo estável em grande profundidade, sendo fincadas a até 65 metros de profundidade. A região de Brasília se caracteriza por apresentar camadas de solo não homogêneas, sendo 13 tipos diferentes de subsolo algunscomo o quartzito, (que só não é mais duro do que o diamante), o que somado ao enorme esforço horizontal provocou um aumento considerável nas fundações, e a construção de blocos de coroamento de grandes dimensões e com maioria de estacas inclinadas.
O segundo grande desafio a ser vencido, foi a montagem dos grandes arcos, executada com a utilização de pilares metálicos provisórios que ossustentaram até estarem completos. Outros pilares provisórios sustentaram os vãos do tabuleiro de rolagem, até que os estaios de sustentação vindos dos arcos estivessem prontos.

Figura 1 - Ponte Jk Fonte: http://www.metalica.com.br/
A forma de uma nova ponte surge principalmente da geometria ditada pelo equilíbrio das forças estruturais nela incidentes. Seu desenho também sempre refletirá o momento e ograu de evolução da engenharia estrutural, dos materiais e dos métodos construtivos acessíveis. Contudo, estética e materiais não são condicionantes únicos nem devem constranger o arquiteto em seu trabalho, compelindo-o a produções rotineiras.
Aqui a meta escultórica é fornecida pelos arcos e cabos que delimitam vagamente espaços internos e externos. Vãos simples e curtos, apoiados em pilares,foram aqui negados (FIG. 1), não só por não facilitar o cumprimento do edital no item ”monumentalidade e marco de articulação urbana” e no item passagem de navegação leve, como também pelos poucos pontos de sondagem recebidos. Pelo menos um vão deveria ser mais amplo. (FIG. 2)

Escolhido um vão generoso e análogo a outros na região, o modo de cruza-lo é ponderado: vigas retas, arcos ou treliças? Oarco surge como escolha estrutural lógica na passagem de vãos maiores, como há séculos. Vai também uma reminiscência de Brasília, onde a curvas e arcos mostram exemplares notáveis.
No nosso caso, escolhido o arco, ele poderia situar-se sob ou sobre o tabuleiro. (FIG. 3 e 4)

Com o arco sob o tabuleiro e com o vão aumentado, o nível da pista eleva-se a alturas maiores que o mínimo então exigidode 20m para navegação leve. Assim a figura 4 exibe o formato mais indicado entre as duas. O tabuleiro com o vão escolhido pede mais apoio e assim, automaticamente, concebe-se que estais o suportarão a partir do arco. Como centenas de pontes no mundo, arcos paralelos sustentantes podem situar-se:
• Em par paralelo e simétrico. (FIG. 5)

• Em par não paralelo. (FIG. 7 e 8)

• Em exemplarúnico, central. (FIG. 9)

Destes tipos, belos exemplos de pontes já foram construídos com variantes segundo vãos e outros itens diferenciadores, em concreto ou em aço, como as famosas pontes ferroviárias do século passado. (FIG.10)

Quando usados com tirantes, como nas últimas décadas, os arcos estaiados assumem aspectos de lira, adicionando as linhas dos cabos ou estais de suspensão à estética doconjunto com magníficos e leves efeitos. (FIG. 11)

Ou como nas rodas de bicicleta. (FIG. 12)

O projeto da Terceira Ponte preferiu um posicionamento do arco de uso menos comum no mundo: o arco único em diagonal sobre o tabuleiro. (FIG. 13)


Ou como nas rodas de bicicleta. (FIG. 12)

O projeto da Terceira Ponte preferiu um posicionamento do arco de uso menos comum no mundo: o arco...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Ponte jk
  • Ponte jk
  • Ponte JK Teresina Piauí
  • Era JK
  • Era JK
  • JK
  • A era jk
  • Ponte

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!