Epinefrina

Páginas: 6 (1303 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
UNIMONTES - UNIVERSIDADE ESTADUAL MDE MONTES CLAROS
JANAÚBA-MG, 30 DE NOVEMBRO DE 2011


Epinefrina (Adrenalina)

LEANDRO FARIAS BATISTA
Acadêmico da Universidade Estadual de Montes Claros
Curso de Zootecnia - 4º Período
Nelson Abreu Deuvalx Júnior
Professor


RESUMO

A Epinefrina ou adrenalina é um hormônio simpaticomimético e neurotransmissor, derivado da modificação de umaminoácido aromático (tirosina), secretado pelas glândulas supra-renais, assim chamadas por estarem acima dos rins. Em momentos de "stress", as supra-renais secretam quantidades abundantes deste hormônio que prepara o organismo para grandes esforços físicos, estimula o coração, eleva a tensão arterial, relaxa certos músculos e contrai outros. A Epinefrina é um fármaco adrenérgico; antiasmático,vasopressor e estimulante cardíaco, de administração intramuscular ou subcutânea, causa tolerância após o uso repetido ou prolongado. Deixar de usar durante alguns dias poderá restaurar a resposta à droga.

1. INTRODUÇÃO

Em maio de 1886, William Bates anunciou o descobrimento de uma substância produzida pela glândula adrenal no New York Medical Journal. Foi também identificada em 1895 porNapoleão Cybulski, um fisiólogo polaco. A descoberta foi repetida em 1897 por John Jacob Abel. Jokichi Takamine, um químico japonês, descobriu a mesma hormona em 1900, sem conhecimento dos anteriores. Foi sintetizada artificialmente por Friedrich Stolz em 1904. A palavra adrenalina foi criada por ele, que conseguiu isolar este hormônio pela primeira vez, o bioquímico japonês Elissandro JokichiTakamine, que formou o nome em questão tomando o nome dos rins, sobre o qual se situam as glândulas secretoras. Utilizou então ad- (prefixo que indica proximidade), renalis (relativo aos rins) e o sufixo -ina, que se aplica a algumas substâncias químicas (as aminas).
Quando lançada na corrente sanguínea, devido a quaisquer condições do meio ambiente que ameacem a integridade física do corpo(fisicamente ou psicologicamente, stress), a epinefrina aumenta a frequência dos batimentos cardíacos (cronotrópica positiva) e o volume de sangue por batimento cardíaco, eleva o nível de açúcar no sangue (hiperglicemiante), minimiza o fluxo sanguíneo nos vasos e no sistema intestinal enquanto maximiza o tal fluxo para os músculos voluntários nas pernas e nos braços e "queima" gordura contida nas célulasadiposas. Isto faz com que o corpo esteja preparado para uma reação, como reagir agressivamente ou fugir, por exemplo. Afeta tanto os receptores beta¹-adrenérgico (cardíaco) e beta²-adrenérgico (pulmonar). Possui propriedades alfa- adrenérgicas que resultam em vasoconstrição.
O objetivo desta revisão de literatura é falar sobre o hormônio epinefrina, sua farmacodinâmica e sua farmacocinética,visto que esse fármaco também tem como efeitos terapêuticos a broncodilatação, o controle da frequência cardíaca e da pressão arterial, dependendo da dose. Na anestesia local é utilizada como coadjuvante, causando vasoconstrição para perdurar o efeito do anestésico, visto que uma área menor de vaso sanguíneo degradará menos o fármaco.

2. REVISÃO DE LITERATURA


2.1. Indicações
AEpinefrina é indicada no caso de doenças, como asma brônquica; choque anfilático; parada cardíaca, dentre outras.

2.2. Uso Injetável
As administrações podem ser feitas via intramuscular (nas nádegas, quadrante superior externo, profundamente), intravenosa (lentamente, com monitorização cardíaca) ou subcutânea. Após aplicação subcutânea ou intramuscular, massagear o local da injeção para tornar a suaabsorção mais rápida. Não administrar a injeção intramuscular nas coxas.

2.3. Contra-indicação
A Epinefrina não deve ser administrada em casos de arritmia; arteriosclerose cerebral; choque; crianças prematuras e recém nascidas; dano cerebral orgânico; dilatação cardíaca; glaucoma; durante o trabalho de parto; hipersensibilidade a simpatomiméticos; em associação à anestesia local; nos...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Adrenalina Epinefrina
  • Epinefrina Adrenalina

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!