TEORIA EXPLICATIVAS DE VOTOS

Páginas: 19 (4510 palavras) Publicado: 9 de abril de 2014
As teorias explicativas do voto: a Teoria Sociológica, a Teoria Psicológica e a Teoria da Escolha Racional.
A perspectiva sociológica pauta-se pelo princípio da macro análise e toma o contexto social do grupo ao qual o eleitor pertence como categoria fundamental para as suas tentativas de explicação do comportamento eleitoral. Adopta o pressuposto de que os comportamentos e escolhas individuaisdevem ser entendidos a partir do contexto social onde são praticados. A importância dos determinantes socioeconómicos, culturais e da estrutura de classe na formação das clivagens sociais é um elemento fortemente enfatizado. Há uma preponderância das abordagens que enfatizam a situação, o contexto e as condições socioeconómicas como estando entre os  elementos de maior importância no processo desegmentação social que fundamenta a estruturação de diferentes tendências de comportamento político e eleitoral. Resumindo, eleitores em situação social semelhante desenvolvem condutas político-eleitorais similares. O colectivo social é quem exprime a dinâmica política, não o indivíduo isoladamente. O acto individual, de voto, não é socialmente isolado. Deve ser entendido a partir da noção deinteracção social. É através das interacções sociais que se formam as opiniões individuais, as quais, por sua vez, permitem as tomadas de decisões de forma isolada. Portanto, é a totalidade das relações sociais que está entre as características individuais e os actos sociais, de modo que não é suficiente reduzir a explicação às características pessoais. Os macro-comportamentos não podem ser explicadospelo somatório dos micro-motivos.
A corrente sociológica preocupa-se em compreender os mecanismos através dos quais são construídas as identidades entre determinados grupos socialmente definidos e partidos e/ou ideologias políticas específicas. Os partidos, através dos seus discursos, procuram angariar votos. Procuram uma forma de criar e manter identidade com grupos sociais, comunidades,segmentos, classes sociais. Ou ainda com grupos mais genéricos como “pobres”, “povo”, negros, mulheres, católicos, evangélicos, aposentados, etc. Essa identidade partidária, segundo a perspectiva sociológica, dá-se sob a forma de um contrato entre eleitores e partidos/candidatos, onde aqueles são representados por estes. Ou seja, para que haja uma identidade partidária constante, são necessários algunselementos que nem sempre são encontrados empiricamente nas sociedades. Primeiro é preciso que os grupos sociais específicos se reconheçam como tais, ou seja, tomem consciência de sua própria condição de grupo – “identidade interna” – e da condição do seu grupo no contexto mais amplo da sociedade à qual pertence – “identidade externa”. Em segundo lugar,  é necessário que hajapartidos ideologicamente identificados com tais grupos específicos, especialmente do ponto de vista dos interesses políticos, e que se afirmem e se apresentem socialmente como tal. Por fim, é preciso que esses grupos sociais identifiquem tais partidos e os reconheçam como seus representantes, criando com eles um “contrato” capaz de estabelecer um vínculo de representação. Em Portugal, pelos diversos resultadoseleitorais, esta não é uma realidade corrente para uma determinada franja da população que é “flutuante”. Daí que os cientistas sociais têm compreendido a necessidade de considerar o maior número de variáveis possível, como elementos de cunho cultural que se têm constituído como importantes categorias analíticas, nas tentativas de compreender o comportamento eleitoral como parte do comportamento humanocolectivo.
Ao contrário do que acontece na abordagem anterior, para aperspectiva psicossociológica o indivíduo e as suas motivações ao nível psicológico é que se constituem na unidade de análise. O pressuposto é de que o comportamento eleitoral é baseado na estrutura de personalidade dos indivíduos e no seu sistema de crenças, os quais são relativamente independentes do contexto social em que...
Ler documento completo

Por favor, assinar para o acesso.

Estes textos também podem ser interessantes

  • Teorias do voto
  • David hume
  • Teoria explicativas do abuso infantil
  • Teorias explicativas do crime
  • Teorias explicativas do direito de posse
  • teoria politica do voto fichamento
  • algumas teorias explicativas nas ciências da educação
  • Voto

Seja um membro do Trabalhos Feitos

CADASTRE-SE AGORA!