• Geoprocessamento
    área dos índios de línguas macro-jês que, antes da chegada do homem branco, detinham o controle de praticamente todo o Brasil Central. Muitas tribos foram forçadas a fugir para o oeste e outras foram dizimadas sem deixar qualquer registro escrito sobre suas culturas e línguas. Ao longo do século...
    5661 Palavras 23 Páginas
  • O determinante de gênero na produção textual de alunos indígenas
    marcas específicas da Língua Terena e que elas apareciam involuntariamente quando o aluno índio escrevia em Português. Essas ocorrências de “erros” nas produções textuais provocaram na professora um olhar curioso direcionado ao uso/não uso do artigo e à concordância nominal entre substantivos e...
    19410 Palavras 78 Páginas
  • Cultura e Educação Indígena
    descendentes de imigrantes italianos, japoneses etc., que em determinados contextos falam a língua materna. Ainda hoje, muitos índios falam unicamente sua língua, desconhecendo o português. Outros tantos falam o português como sua segunda língua. O linguista brasileiro Aryon Dall'Igna Rodrigues...
    6767 Palavras 28 Páginas
  • educação indigena
    ao seu povo. Com o 9 Estatuto do Índio, Lei 6001, tornou-se obrigatório o ensino da língua nativa, preservando valores de cada povo. Em 1991, com o parágrafo específico Constituição Federal de 1988 direcionado aos indígenas, descentralizou-se o poder da FUNAI, passando toda a...
    9057 Palavras 37 Páginas
  • O ensino do português em aldeias
    , início ao trabalho de evangelização, utilizando-se como meio para atingir esse objetivo, a escola de ler e escrever, onde os índios eram apenas catequizados para servirem de mão-de-obra escrava. Em 1910 com a criação do SPI (Serviço de Proteção ao Índio), começou uma segunda etapa do ensino da língua...
    3408 Palavras 14 Páginas
  • Educação Indígena no Brasil de hoje
    quanto é o contato entre índios e europeus. Desde sempre, a alfabetização e a educação escolar tiveram um papel importante nessas relações. O primeiro período - “A Escola de Catequese” Jesuítas se esmeravam na catequese dos índios, preparando gramáticas da língua do “gentio” e encerrando crianças em...
    2533 Palavras 11 Páginas
  • Cultura Indígena no Brasil
    indígenas do Brasil falavam cerca de 1.300 Línguas, pois existia uma grande diversidade de povos e tribos de Índios. Hoje, segundo dados da Fundação Nacional do Índio, sobrevivem apenas 180 dessas línguas. Há ainda aldeias onde os índios falam apenas a sua Língua, mas em muitas outras o português é o...
    810 Palavras 4 Páginas
  • Os povos indígenas e a educação escolar
    Geral, uma adaptação de várias línguas indígenas feita pelos missioná- rios, era ensinada para indígenas de diferentes comunidades – com costumes e línguas variadas – que viviam nesses aldeamentos. Para se fazerem entender pelos jesuítas, pelos demais índios da aldeia e pelos colonos, os índios...
    5940 Palavras 24 Páginas
  • A apropriação da língua espanhola por parte dos índios do peru durante a época colonial: contexto e processo de aquisição da linguagem
    Projeto de Pesquisa: A apropriação da língua espanhola por parte dos índios do Peru durante a época colonial: contexto e processo de aquisição da linguagem A chegada dos espanhóis na América retrata o encontro de duas culturas muito distintas: a do europeu “civilizado” e a do índio “selvagem...
    1195 Palavras 5 Páginas
  • tribos indígenas
    hábitos, costumes e línguas diferentes onde cada tribo possui sua cultura, religião, crenças e conhecimentos específicos. Entre os indígenas não há classes sociais como a do homem branco, todos têm os mesmo direitos e recebem o mesmo tratamento. A terra, por exemplo, pertence a todos e quando um índio...
    2916 Palavras 12 Páginas
  • Surdo e mudo
    índios, compatibilizando-a com a Constituição Federal, que eles dedicou um capítulo especial (arts. 231 a 232), reconhecendo '' sua organização social, costumes, línguas, crenças e tradições, e os direitos originários sobre as terras que tradicionalmente ocupam, competindo á União demarcá-las...
    2467 Palavras 10 Páginas
  • As comunidades indígenas hoje na américa latina
    fazendas e os do Rio de Janeiro e São Paulo, vendem seus artesanatos nas cidades. Os índios Guarani foram os que mais resistiram e ainda resistem muito para manter seus costumes tradicionais como a língua, as danças e, principalmente as manifestações religiosas. Apesar do constante contato com os não...
    2562 Palavras 11 Páginas
  • ÍNDIOS NO BRASIL
    fulniô.  Há, ainda, línguas que não puderam ser incluídas pelos linguistas em nenhuma dessas famílias, permanecendo não-classificadas ou isoladas, como as  faladas pelos índios tikúna, trumái e irântxe/munku, trumái, máku, aikaná, Arikapú, jabutí, kanoê e koaiá ou kwazá. Algumas línguas indígenas se...
    791 Palavras 4 Páginas
  • "Da Catequização para a Educação" : Uma análise da Educação através da criação da Escola Estadual Indígena Maurehi (1990-2010)
    reconhecidos aos índios sua organização social, costumes, línguas, crenças e tradições, e os direitos originários sobre as terras que tradicionalmente ocupam, competindo a União demarcá-las, proteger e fazer respeitar todos os seus bens. Por meio disso, encaixa-se a educação multidisciplinar para que os...
    7293 Palavras 30 Páginas
  • Dia do indio
    línguas indígenas. Atualmente existem apenas 170. O pior é que cerca de 35% dos 210 povos com culturas diferentes têm menos de 200 pessoas. Tipos de habitações indígenas Oca: É uma a mais comum habitação indígena, principalmente entre os índios da família tupi-guarani. Consiste em uma grande cabana...
    1149 Palavras 5 Páginas
  • linguagens indigenas
    povoado por centenas de povos indígenas.São comuns em nossa população brasileira principalmente norte e sul. O Nordeste foi a primeira área de desembarque dos colonizadores no país, que proibiram os índios de falar suas línguas e impuseram a escravidão. Foi essa região que recebeu a frota de Cabral...
    1586 Palavras 7 Páginas
  • Pedagogia hospitalar
    A primeira idéia que a maioria dos brasileiros tem sobre os índios é a de que eles constituem um bloco único, com a mesma cultura, compartilhando as mesmas crenças, a mesma língua. Ora, essa é uma idéia equivocada, que reduz culturas tão diferenciadas a uma entidade supra-étnica...
    2741 Palavras 11 Páginas
  • radioatividade
    vivem no oeste de Roraima, no norte do Amazonas e na Venezuela, num total de 20 mil índios. Juruna: Povo indígena cuja língua é a única representante viva da família Juruna, do tronco Tupi. Autodenominam-se Yudjá; o nome Juruna significa, em Tupi-Guarani, “bocas pretas”, porque a tatuagem...
    1749 Palavras 7 Páginas
  • A educação indígena no brasil: breve histórico
    bastante massacrados na sua cultura e, principalmente, no direito de preservar a sua língua, mas que nos dias atuais têm total liberdade nesse sentido. Palavras-chave: Educação Indígena. Índios. História. RÉSUMÉ Cet article vise à donner un bref historique sur l'éducation indigène au Brésil...
    5056 Palavras 21 Páginas
  • Educacao dos indios -brasil colonia
    jesuítas visavam para que os índios e as índias se convertessem e aceitassem Deus. A grande maioria dos índios(as) Guarani aceitaram Deus e se converteram cristãos, só que os Portugueses não queriam fieis, queriam é mão de obra para trabalhar como escravo. Apesar de alguns jesuítas dominarem a língua...
    1316 Palavras 6 Páginas